Texto: 

A British Overseas Airways Corporation, mais conhecida como BOAC, foi a principal companhia aérea do Reino Unido. Pouco antes do início da Segunda Guerra Mundial a British Airways e a Imperial Airways se fundiram e foram estatizadas, formando a BOAC. Após a Segunda Guerra Mundial a empresa voltou a operar regularmente e reequipou a frota com aeronaves que antes eram militares.
Em abril de 1946 voou a primeira aeronave pressurizada da empresa, um Constellation para os EUA e Canadá. Um pouco mais tarde a frota também ganhou os Boeing Stratocruiser e DC-7.
Em julho de 1949 a BOAC se fundiu com a
British South American Airways. Foi ai que a companhia começou a voar para o Brasil. A primeira rota ligando a Inglaterra ao Brasil foi feita pela British South American Airways em 1946. A rota Londres - Lisboa - Dakar - Natal - Rio de Janeiro - São Paulo - Montevidéu - Buenos Aires então passou a ser operada pelo Canadair Argonaut (O Douglas DC-4 fabricado sob licença no Canadá).
No dia 2 de maio de 1952 a empresa entrou na era a jato com o De Havilland Comet 1, na rota entre Londres e Johanesburgo. A BOAC foi a primeira companhia aérea do mundo a operar com um jato para passageiros. Em 1958 foi a primeira a voar com um jato cruzando o oceano Atlântico, com o Comet 4. A BOAC tinha planos de colocar o novo jato Comet 1 na rota para o Brasil, mas com os acidentes ocorridos os planos foram suspensos. A companhia chegou a realizar um voo experimental com o Comet 1 em 1953, que foi o primeiro jato a pousar no Brasil. A BOAC acabou abandonando a rota para a América do Sul em 1954, pois a rota dava prejuízo.
Em janeiro de 1960 a companhia voltou a voar para o Brasil, dessa vez com o  Comet 4 na rota Londres - Madrid - Dakar - Rio de Janeiro - Montevidéu - Buenos Aires - Santiago. Porém em outubro de 1964 a rota para a América do Sul foi repassada para a
British United Airways.
Em 22 de abril de 1970 a BOAC recebeu o seu primeiro Boeing 747, mas devido a uma greve o 747 só entrou em operação em abril de 1971. Nessa época a BOAC era a maior cliente da Boeing fora da América do Norte.
Em 1 de abril de 1972 o governo inglês promoveu a fusão entre a BOAC e a BEA. Até 1974 as empresas operaram independentemente. Nesse ano as empresas concretizaram a fusão e a nova companhia passou a se chamar British Airways. Após a fusão a primeira aeronave entregue à British Airways foi um Lockheed Tristar, encomendada pela antiga BEA.
Em 1975 a British e a Air France foram as pioneiras e as únicas empresas aéreas a oferecer voos comerciais super-sônicos. Nesse ano entreva em serviço na British o Concorde no voo Londres - Nova York.

Em 1987 a British Airways foi privatizada e comprou a British Caledonian, voltando a voar para o Brasil.
Em 1989 a British recebeu os primeiros Airbus A320. E no ano seguinte a empresa inaugurou sua nova pintura em um Boeing 737-300.
Em 1993 a companhia anunciou a criação de subsidiária regionais que operavam aeronaves a ATR, Embraer e Bombardier.
Em 1995 foi fundada a British Asia Airways, uma subsidiária da British com base em Taiwan.
Em 1996 a British foi uma das primeiras companhias aéreas a operar o Boeing 777-200ER.
Em fevereiro de 1999 a British Airways, juntamente com a American Airlines, Canadian Airlines, Cathay Pacific e Qantas, criaram a OneWorld (Aliança Global entre companhias aéreas).
Em 2001 os voos com o Concorde foram suspensos devido ao acidente com a Air France.
Em setembro de 2006 a British escolheu pela primeira vez um Airbus para rotas de longa distância, encomendando o A380.
Em 2007 a empresa encomendou o Boeing 787.
Em outubro de 2008 a British voltou a voar diretamente para o Rio de Janeiro com o Boeing 777, três vezes por semana.
Em 12 de novembro de 2009 foi anunciada a fusão entre a British e a Iberia. As duas marcas foram mantidas e a fusão foi completada no final de 2010. Com a fusão, o novo grupo passou a ser um dos maiores do mundo, com mais de 400 aeronaves e mais de 200 destinos.
Em novembro de 2011 a companhia anunciou compara da BMI, que pertencia ao grupo Lufthansa. A compra foi concretizada em 2012 e a BMI e BMI Baby foram absorvidas pela British e a marca extinta. Já a BMI Regional foi vendida para um consórcio em junho de 2012.
Em março de 2013 a British passou a voar para o Rio de Janeiro, inicialmente seis vezes por semana com o
Boeing 777-200. Em pouco tempo a rota passou a ser diária e em outubro o B777-200 foi substituído pelo Boeing 777-300. Em junho a companhia recebeu o primeiro Boeing 787 e em julho o primeiro A380.
Em setembro de 2015 o British Airways anunciou a compra de 98% da Aer Lingus, que passou a integrar o grupo IAG.

 


A Caledonian Airways surgiu em abril de 1961 como companhia aérea charters com alguns DC-7s. O primeiro jato foi um Boeing 707 entregue em 1967. O nome "Caledonian" vem da palavra "Caledônia", que era como os romanos chamavam a Escócia.
Em 1970 a companhia se fundiu com a British United Airways, formando a British Caledonian Airways. A British United Airways já voava para o Brasil com o Vickers VC-10.
Em 1973 o VC-10 foi substituído pelo Boeing 707, pois o VC-10 gastava muito mais combustível.
Em 1977 o Boeing 707 foi substituído pelo DC-10-30 na rota para o Brasil.
Em 29 de março de 1985 decolou o último voo da British Caledonian Airways para o Brasil. A partir daí a operação foi assumida pela British Airways, que havia comprado a empresa.


 


OpenSkies é uma subsidiária da British Airways, criada em 2008, para operar voos "full business". A companhia operar com uma frota de Boeing 757-200 oferecendo apenas a classe executiva. A vantagem são preços mais baixos, uma aeronave inteira com classe executiva e atendimento personalizado.


BA Cityflyer é a subsidiária regional da British Airways, operando voos nacionais e para Europa.

 

Evolução da empresa:

Logos antigos:
 

 

Pinturas:

 

Fundação: 1974 (1939 como BOAC)
País:
Inglaterra
Principais Aeroportos: Aeroporto Internacional de Heathrow (Londres), Aeroporto Internacional de Gatwick (Londres) e Aeroporto Internacional de Manchester (Manchester)

Sede: Londres
Códigos: BAW / BA
Destinos: 169
Destinos no Brasil:
São Paulo e Rio de Janeiro

 

> Frota Atual:

E
Aeronave: Ativos: Inativos: Idade Média: Encomendas: Passageiros:

BRITISH AIRWAYS

Airbus A318 2   6 anos   32 (classe executiva)
Airbus A319 44   14 anos   132-143 (1 ou 2 classes)
Airbus A320 67   10 anos 1 162-168 (1 ou 2 classes)
Airbus A320neo       35  
Airbus A321 18   9 anos   188-205 (1 ou 2 classes)
Airbus A350-1000       18  
Airbus A380 11   1 ano 1 469 (4 classes)
Boeing 737-300 2   29 anos   132 (1 ou 2 classes)
Boeing 737-400 8 5 25 anos   147 (1 ou 2 classes)
Boeing 747-400 39 6 20 anos   299 ou 345 (3 ou 4 classes)
Boeing 767-300ER 11 5 21 anos   189-259 (1, 2 ou 3 classes)
Boeing 777-200 3   20 anos   224 ou 275  (3 ou 4 classes)
Boeing 777-200ER 43   16 anos  
Boeing 777-300ER 12   3 anos 2 299 (4 classes)
Boeing 787-8 8   2 anos   214 (3 classes)
Boeing 787-9 8   0 ano 14 216 (4 classes)
Boeing 787-10       12  
TOTAL: 276 16 13 anos 83 -

BA CITYFLYER

Embraer E-170 6   6 anos   76 (1 ou 2 classes)
Embraer E-190 12   4 anos   98 (1 ou 2 classes)
TOTAL: 18 0 5 anos 0 -

OPEN SKIES

Boeing 757-200 3   24 anos   112 ou 114 (classe executiva)


TOTAL DO GRUPO BRITISH: 297
TOTAL DO GRUPO IAG: 599
 

Airbus A380

Passageiros: 469 (14F+97J+55W+303Y)
Classes e configuração de assento:
F: 1+2+1
J: 2+4+2 / 2+3+2
W: 2+3+2
Y: 3+4+3 / 2+4+2
Motores: 4x Rolls Royce Trent 900
Velocidade Máxima: 945 km/h
Alcance: 15400 km
Entretenimento: entretenimento individual, cabines mais espaçosas e silenciosas

Boeing 747-400

Passageiros: 299 (14F+70J+30W+185Y) ou 345 (14F+52Y+36W+243Y)
Classes e configuração de assento:
F: 1+2+1
J: 2+4+2 / 2+2
W: 2+4+2
Y: 3+4+3

Motores: 4x Rolls Royce RB211-524H
Velocidade Máxima: 988 km/h
Alcance: 13450 km
Entretenimento: entretenimento individual
Boeing 777-300

Passageiros: 299 (14F+56J+44W+185Y)
Classes e configuração de assento:
F: 1+2+1
J: 2+4+2
W: 2+4+2
Y: 3+3+3

Motores: 2x General Electric 90-115B1
Velocidade Máxima: 950 km/h
Alcance: 14685 km
Entretenimento: entretenimento individual
Boeing 777-200

Passageiros: 224 (14Y+48J+40W+122Y) ou 275 (48F+24J+203Y)
Classes e configuração de assento:
F: 1+2+1
J: 2+4+2
W: 2+4+2
Y: 3+3+3

Motores: 2x Rolls Royce Trent 800 ou General Electric 90
Velocidade Máxima: 950 km/h
Alcance: 11037 km
Entretenimento: entretenimento individual
Boeing 787-8 / Boeing 787-9

Passageiros: 214 (35J+25W+154Y) / 216 (8F+42J+39W+127Y)
Classes e configuração de assento:
F: 1+2+1
J: 2+3+2
W: 2+3+2
Y: 3+3+3

Motores: 2x Rolls Royce Trent 1000
Velocidade Máxima: 954 km/h
Alcance: 15200 / 15400 km
Entretenimento: entretenimento individual, janelas maiores, cabine com umidade mais elevada e pressurização mais baixa
Boeing 767-300

Passageiros: 189 (3 classes) / 229 ou 244 (2 classes) / 252 ou 259 (1 classe)
Classes e configuração de assento:
J: 2+2+2
W: 2+2+2
Y: 2+3+2
Motores: 2x Rolls Royce RB211-524H
Velocidade Máxima: 913 km/h
Alcance: 11065 km
Entretenimento: áudio e vídeo em todos os voos longos e em alguns voos médios/curtos
Boeing 757-200

Passageiros: 112 ou 114 (3 classes)
Motores: 2x Rolls Royce RB211
Velocidade Máxima: 914 km/h
Alcance: 6857 km
Característica: somente classe executiva
Airbus A321

Passageiros: 188 a 205 (1 ou 2 classes)
Motores: 2x IAE V2500
Velocidade Máxima: 828 km/h
Alcance: 5600 km
Entretenimento a bordo: mapas nas telas
Airbus A320/A319

Passageiros: 162 a 168 / 132 a 143 (1 ou 2 classes)
Motores: 2x IAE V2500
Velocidade Máxima: 828 km/h
Alcance: 5900/6700 km
Entretenimento a bordo: mapas nas telas
Boeing 737-400

Passageiros: 134 a 147 (1 ou 2 classes)
Motores: 2x CFM563B2
Velocidade Máxima: 912 km/h
Alcance: 4500 km
Característica: assentos de couro
Airbus A318

Passageiros: 32 (Classe executiva)
Motores: 2x CFM Internacional CFM56-5
Velocidade Máxima: 871 km/h
Alcance: 5700 km
Característica: somente classe executiva
Embraer E-190/E-170

Passageiros: 98/76 (1 ou 2 classes)
Motores: 2x General Electric CF34-10E/CF34-8E
Velocidade Máxima: 890 km/h
Alcance:
3334 km
Característica: sem assento do meio

Códigos: F: Primeira Classe, J: Classe Executiva, W: Classe Econômica Premium, Y: Classe Econômica


A IAG (International Airlines Group) é a holding que controla o grupo British Airways e o grupo Iberia, formado a partir da fusão das duas companhias. Após a fusão o grupo expandiu, adquirindo também a Vueling e a Aer Lingus.

E
Aeronave: Quantidade: Encomendas: Companhia Aérea:
GRUPO IAG
Airbus A318 2   British
Airbus A319 68   British, Iberia, Vueling, Aer Lingus
Airbus A320 224 2 British, Iberia, Vueling, Aer Lingus
Airbus A320neo   82  
Airbus A321 45 8 British, Iberia, Vueling, Aer Lingus
Airbus A330-200 7 4 Iberia, Aer Lingus
Airbus A330-300 12   Iberia, Aer Lingus
Airbus A340-300 5   Iberia
Airbus A340-600 17   Iberia
Airbus A350-900   17  
Airbus A350-1000   18  
Airbus A380 11 1 British
Boeing 737-300 2   British
Boeing 737-400 8   British
Boeing 747-400 39   British
Boeing 757-200 6   OpenSkies, Aer Lingus
Boeing 767-300ER 11   British
Boeing 777-200ER 46   British
Boeing 777-300ER 12 2 British
Boeing 787-8 8   British
Boeing 787-9 8 14 British
Boeing 787-10   12  
ATR-72-600 15 5 Iberia, Aer Lingus
Bombardier CRJ-200 9   Iberia
Bombardier CRJ-900 13   Iberia
Bombardier CRJ-1000 13 22 Iberia
Embraer E-170 6   BA Cityflyer
Embraer E-190 12   BA Cityflyer
TOTAL: 599 187 -

 

 

> Histórico de Frota:

E
Aeronave 1960 1970 1975 1980 1985 1990 1995 2000 2004 2008 2012 2015
A318/319/320/321           7 7 14 60 83 88 129
Airbus A380                       9
BAC 1-11     25 27 26 34            
Boeing 707   24 29 20                
Boeing 737       4 36 48 73 56 39 46 27 18
Boeing 747     17 26 28 45 39 73 57 58 55 41
Boeing 757         14 36 43 53 13 12    
Boeing 767           1 23 28 20 21 21 13
Boeing 777               26 43 42 52 58
Boeing 787                       8
Britannia 102/312 27                      
Comet 4 19                      
Concorde       6 6 7 7 7        
DC-7 10                      
DC-10           8            
H.S.121 Trident     64 56 23              
L. Tristar     6 16 17 17 5          
V. Viscount     35 20                
VC-10   28 21 15                
outros     10 30 38 16 14          
TOTAL: 56 52 207 220 188 219 211 257 232 262 243 276

 

> Aeronaves Utilizadas:

Aeronave: Período: Total de unidades: Passageiros:

Airbus A320-100

1988-2007

05

149

Boeing 707-320B/C

1974-1984

12

 

Boeing 707-420

1974-1981

17

 

Boeing 737-200

1977-2001

70

108 ou 114

Boeing 737-500

1996-2009

15

110

Boeing 747-100

1974-1999

19

370 ou 356 (14+76+266)

Boeing 747-200B/C

1977-2001

20

425 ou 378 (14+66+298)

Boeing 757-200

1983-2010

63

158 ou 180 ou 195

DC-10-30

1988-1999

08

214 (12+35+167) ou 311 (32+279)

Concorde

1976-2003

13

100

Lockheed L1011 Tristar

1975-1991

29

 

BAe ATP

1989-1994

17

64

BAe 146-200

1989-1994

07

95

BAe RJ-100

1997

06

110

Hawker Siddeley HS121 Trident

1974-1985

121

 

Hawker Siddeley HS748

1975-1989

19

 

BAC 1-11-400/500

1974-1993

44

 

Vickers Viscount 700/800

1974-1982

37

 

Vickers Vanguard 950

1974-1975

12

 

Vickers VC-10-1100/1150

1974-1981

27

 
DHC-8 1996 05 50
 

 

> Mapa de Rotas:


ROTAS NACIONAIS

 

ROTAS - Europa (clique para ampliar)

 

ROTAS INTERNACIONAIS

MAPA GLOBAL

 

> Histórico Mapa de Rotas:


Ano: 1971


Ano: 1962


Ano: 1951

Atualizado em maio de 2016

Aviação Comercial