Boeing 247

O Boeing 247 foi desenvolvido na década de 30 e contava com inovações na época como alumínio e trem de pouso retrátil. A sua principal vantagem era a velocidade, capaz de atravessar os Estados Unidos oito horas mais rápido que os seus antecessores. Porém as companhias aéreas consideravam a sua capacidade limitada e geralmente preferiam o concorrente Douglas DC-2, também mais confortável para os passageiros do que o Boeing. O Boeing 247 voou até o inicio da Segunda Guerra Mundial e várias unidades foram convertidas para a aviação militar.

 

 

 


Peter C. Boisseau

 

 

Origem: Estados Unidos
Comprimento:
15
,7 m
Envergadura: 22,6 m
Altura: 3,8 m
Peso: 4 toneladas
Peso máximo de decolagem: 6,1 toneladas
Motores: 2
x Pratt & Whitney S1H1-G
Velocidade de cruzeiro: 304 km/h
Velocidade máxima: 320 km/h
Altitude de cruzeiro: 7,6 km (25,4 mil pés)
Passageiros: 10
Primeiro voo: 1933
Concorrentes: Douglas DC-2, Lockheed Electra L-10

Alcance: 1200
 km
Entregues: 75
Companhia lançadora: United

 

 

 

Boeing 307 "Stratoliner"

O Boeing 307 foi a primeira aeronave comercial com cabine pressurizada e por isso podia voar mais alto que vinte mil pés de altura (6 mil metros), reduzindo as turbulências. Foi o primeiro avião com um engenheiro de voo como membro da tripulação.
O Boeing 307 começou a ser desenvolvido em 1935 e foi baseado no bombardeiro B-17. As primeiras encomendas vieram da  Pan Am e TWA. A Pan Am usou essas aeronaves em seus voos entre Miami e a América Latina.
A produção do Stratoliner foi interrompida quando os EUA entraram na Segunda Guerra Mundial.

 


Bob Harrington

Origem: Estados Unidos
Comprimento: 22,6 m
Envergadura:
32,63 m
Altura: 6,33 m
Peso: 13 toneladas
Motores: 2x Wright GR-1820-G102

Velocidade de cruzeiro: 344 km/h
Velocidade máxima: 387 km/h
Altitude de cruzeiro: 7,1 km (23,3 mil pés)

Passageiros: 33
Primeiro voo: 1938
Concorrentes: Douglas DC-4, Curtiss C-46

Alcance: 2820
km
Entregues: 11
Companhia lançadora: TWA


 

 

Boeing 314 "Clipper"

Na década de 30 a Pan Am pediu as construtoras um avião seguro capaz de cruzar o oceano Atlântico. A Boeing foi a vencedora com o projeto do Boeing 314 - um "barco com asas", pois se o avião caísse no mar ele era capaz de flutuar até que o salvamento chegasse. A aeronave ganhou o apelido de "Clipper" que vem do verbo inglês "to clip" (avançar rapidamente). O avião era luxuoso e possuía quartos de vestir para homens e mulheres e restaurantes quatro estrelas. Os 74 assentos podiam ser convertidos em até 40 beliches para os passageiros dormirem a noite. Após a Segunda Guerra Mundial a aeronave se tornou obsoleta. Foi com esse avião que surgiu a tradição da Pan Am de batizar as aeronaves de Clipper.

 


Boeing

 

 

Origem: Estados Unidos
Comprimento: 32,33 m
Envergadura: 46,36
m
Altura: 6,22 m
Peso: 21,9 toneladas
Motores:
4x Wright R-2600-3
Velocidade de cruzeiro: 302 km/h
Velocidade máxima: 340 km/h
Altitude de cruzeiro: 5,9 km (19,6 mil pés)
Passageiros: 36 a 74
Primeiro voo: 1938

Alcance: 5896
 km
Entregues: 12
Companhia lançadora: Pan Am

 

 

 

Boeing 377 "Stratocruiser"

O Boeing 377 é um avião de grande porte baseado no avião militar C97 Stratofreighter. A aeronave foi desenvolvida após a Segunda Guerra Mundial e era mais longo que os seus concorrentes diretos. O 377 era capaz de cruzar os oceanos sem escalas, mas era menos econômico que seus concorrentes. Para os passageiros, o Stratocruiser tinha cabine mais ampla, ar condicionado, pressurização mais alta e um bar no deck inferior. A aeronave também podia acomodar até 28 beliches para os passageiros. O Boeing 377 foi a primeira aeronave da Boeing que fez sucesso fora dos EUA, sendo vendida para companhias européias. Com a chegada dos jatos, o Stratocruiser se tornou obsoleto.

 


Bill Armstrong

 

 

Origem: Estados Unidos
Produção: 1947 - 1950
Comprimento: 33,63 m
Envergadura: 43,05
m
Peso: 37,8 toneladas
Peso máximo de decolagem: 67,1 toneladas
Altura: 11,66 m
Motores:
4x PW R-4360-B6
Velocidade de cruzeiro: 483 km/h
Velocidade máxima: 603 km/h
Altitude de cruzeiro: 9,8 km (32 mil pés)

Passageiros: 63 a 100
Primeiro voo: 1958
Concorrentes: Douglas DC-6, Douglas DC-7, Lockheed Constellation

Alcance: 6760
 km
Entregues: 56
Companhia lançadora: Pan Am

 

Aviação Comercial