Bombardier CRJ-100 / Bombardier CRJ-200

A Canadair sempre foi tradicional na aviação executiva e queria construir um jato comercial a partir do seu jato executivo CL600 Challenger. A empresa foi comprada pela Bombardier e o projeto foi levado adiante. Em abril de 1989 foi lançado o Canadair Regional Jet, ou abreviadamente CRJ. A aeronave original foi esticada 5,92 metros, ganhou uma nova asa, maior capacidade de combustível e melhorias aviônicas. A primeira encomenda veio da Lufthansa, que recebeu a primeira aeronave em novembro de 1992. A primeira versão ficou conhecida como CRJ-100 e teve outras duas versões: o CRJ-100LR (Long Range) e CRJ-100ER (Extended Range), com maior capacidade de combustível e alcance.
A Bombardier também lançou uma versão encurtada, conhecida como CRJ-440, para 44 passageiros.
Em 1995 a produção da série 100 foi encerrada e foi lançado o CRJ-200. A nova versão era idêntica a anterior, mas com turbinas mais potentes e eficientes. O CRJ-200 é o concorrente direto do ERJ-145 da Embraer, o que rendeu até uma batalha na justiça.
Com o passar do tempo e os aumentos no preço do petróleo, o CRJ-200 deixou de ser eficiente e as companhias passaram a buscar outras aeronaves: jatos maiores ou turbo-hélice.
 

Bombardier

 

Modelo: Construídos: Ativos: Acidentes:
CRJ-100 193 48 10
CRJ-200 910 587 5

Origem: Canadá
Produzido: 1992 - 2006
Comprimento:
26,77 m
Envergadura: 21,21 m
Altura: 6,22 m
Peso da aeronave: 19,9 toneladas
Peso máximo decolagem/pouso: 53/47 toneladas
Capacidade de combustível: 5,1 mil litros
Consumo de combustível: 1230 litros/h (200)
Motores:
100: 2x
GE CF34-3A1
200: 2x
GE CF34-3B1
Velocidade de cruzeiro:
786 km/h (mach 0.74)
Velocidade máxima: 860 km/h (mach 0.81)
Altitude de Cruzeiro: 12,49 km (41 mil ft)
Pista mínima para decolagem: 1,91 km
Alcance:
100ER:
3000 km
100LR:
3710 km
200ER:
3045 km
200LR:
3713 km
Passageiros: 50
Tripulação: 3
Primeiro voo: 1991
Concorrentes: ATR-42, ERJ-145

Companhia lançadora: Lufthansa
Comparar com outras aeronaves

 

 

 

Bombardier CRJ-700

Com o sucesso das primeiras versões, a Bombardier aumentou o CRJ. Em janeiro de 1997 nascia o CRJ-700 com 4,72 metros a mais que a versão 200. O CRJ-700 também tem as versões ER e LR, com maior capacidade de combustível e alcance. O CRJ-700 se mostrou ideal para substituir aeronaves como BAe 146 e Fokker 70.
Em 2002 a Embraer lançou o E-170, que se tornou o principal concorrente. Para manter o CRJ-700 competitivo a Bombardier lançou, em 2008, o CRJ-700 Next Gen. O CRJ-700NG incorpora melhorias, que tornam a aeronave mais econômica. Além disso todos os membros da Família CRJNG utilizam de uma mesma cabine atualizada.
 

Peter Vercruijsse

 

 

 

Origem: Canadá
Produzido: 2001 - hoje
Comprimento:
32,41 m
Envergadura: 23,01 m
Altura: 7,29 m
Peso da aeronave: 28,2 toneladas
Peso máximo decolagem/pouso: 34/30 toneladas
Capacidade de combustível: 7,0 mil litros
Consumo de combustível: 1680 litros/h

Motores:
2x GE CF34-8C1
Velocidade de cruzeiro:
829 km/h (mach 0.78)
Velocidade máxima: 876 km/h (mach 0.825)
Altitude de Cruzeiro: 12,49 km (41 mil ft)
Pista mínima para decolagem: 1,56 à 1,85 km
Alcance:
700: 2655 km
700ER: 3209
 km
700LR: 3708 km
Passageiros: 66 a 78
Tripulação: 4
Primeiro voo: 1999
Concorrentes: Embraer E-170, Embraer E-175

Companhia lançadora: Air Canada (Jazz)
Comparar com outras aeronaves

Entregues: 343
Ativos: 320
Encomendas: 2
Acidentes: 2

 

 

 

Bombardier CRJ-900 / CRJ-705

A Bombardier esticou mais uma vez o CRJ e lançou o CRJ-900 em 2000. O CRJ-900 é capaz de transportar até 90 passageiros, competindo diretamente com o Embraer E-175. Como o CRJ700, o CRJ-900 ganhou a versão Next Gen em 2007, uma versão mais econômica e com nova cabine.
A Bombardier também lançou o CRJ-705, baseado no CRJ-900 mas com menos assentos e mais conforto. Foi lançado pela Jazz, subsidiária da Air Canada, em 2005.
 
Kai Hong - Team NinerVictor

 

 

Origem: Canadá
Produzido: 2003 - hoje
Comprimento:
36,40 m
Envergadura: 23,24 m
Altura: 7,51 m
Peso da aeronave: 31,7 toneladas
Peso máximo decolagem/pouso: 38/33 toneladas
Capacidade de combustível: 7,0 mil litros
Motores:
2x GE CF34-8C5
Velocidade de cruzeiro:
850 km/h (mach 0.80)
Velocidade máxima: 881 km/h (mach 0.83)
Altitude de Cruzeiro: 12,49 km (41 mil ft)
Pista mínima para decolagem: 1,59 à 1,94 km
Alcance:
705: 3591 km
705ER/LR:
3773 km
900:
2956 km
900ER: 3408 km
900LR: 3660 km
Passageiros:
705: 75
900: 76 a 90
Tripulação: 5
Primeiro voo: 2001
Concorrentes: Embraer E-175, Embraer E-190
Companhia lançadora: Delta (Northwest Airlink) e Air Canada (Jazz)
Comparar com outras aeronaves

 Modelo: Construídos: Ativos: Encomendas: Acidentes:
 CRJ-900 401 392 29 1
 CRJ-705 16 16   0

 

 

 

Bombardier CRJ-1000

Com os E-Jets vencendo a batalha contra os CRJ's, a Bombardier anunciou novas aeronaves maiores para competir com os E-Jets. Porém a fabricante resolveu esticar o CRJ mais uma vez em 19 de fevereiro de 2007. O CRJ-1000 é a versão alongada do CRJ-900, feito para competir com o E-190 da Embraer. O primeiro voo aconteceu em 2008 e a Bombardier anunciou a primeira encomenda em junho de 2009: quinze unidades pela Air Nostrum. Em 13 de dezembro de 2010 a Bombardier começou a entregar as primeiras encomendas do modelo.
Apesar de laçar o CRJ-1000, a Bombardier não desistiu de criar novas aeronaves. A fabricante anunciou a sua nova família de jatos C-Series, que irá competir com o EJets-E2, A319neo e Boeing 737-7MAX.
 

Moonm
File:C-FRJX CRJ 1000.jpg

 

 

Origem: Canadá
Produzido: 2010 - hoje
Comprimento:
39,13 m
Envergadura: 26,18 m
Altura: 7,50 m
Peso da aeronave: 35,1 toneladas
Peso máximo decolagem/pouso: 41/36 toneladas
Capacidade de combustível: 7,0 mil litros
Motores:
2x GE CF34-8C5A1
Velocidade de cruzeiro:
827 km/h (mach 0.78)
Velocidade máxima: 870 km/h (mach 0.82)
Altitude de Cruzeiro: 12,49 km (41 mil ft)
Pista mínima para decolagem: 2,0 km
Alcance:
1000:
2761 km
1000ER: 3131 km 
Passageiros: 100 a 104
Tripulação: 5
Primeiro voo: 2008
Concorrentes: Embraer E-190, Embraer E-195
Companhia lançadora: Brit Air e Air Nostrum
Comparar com outras aeronaves

Entregues: 53
Ativos: 52
Encomendas: 17
Acidentes: 0

 

atualizado em dezembro de 2016

Aviação Comercial