ATR-42-200/300/400/500/600

Em 1981 a Avions de Transporte Regional, mais conhecida como ATR, foi criada. A empresa foi formada a partir de duas fabricantes européias: Aerospatiale (da França) e Alenia Aeronautica (da Itália). Os principais centros da ATR estão em Nápoles e Toulouse.
O ATR42 foi o primeiro avião da fabricante. Ele foi anunciado em outubro de 1981 e entrou em operação comercial em dezembro de 1985, pela Air Lottoral. A primeira versão ficou conhecida como ATR-42-200, mas foi usada somente para testes. A versão inicial para venda ficou conhecida como ATR-42-300 e foi fabricada até 1996. Essa versão também teve uma sub-variante conhecida como ATR-42-320, que incorpora novos motores e outras melhorias, tornando a aeronave melhor para operar em regiões quentes e aeroportos em altas altitudes.
O ATR-42-400 também é conhecido como ATR 42 "Surveyor" e possui seis pás de hélices. Ele foi fabricado principalmente para o governo da Itália. Apenas duas unidades civis foram produzidas.
Em 1996 foi lançada a versão ATR-42-500, que substituiu todas as outras. A nova versão possuía melhorias aerodinâmicas e estruturais e novos motores mais potentes, que aumentaram a velocidade de cruzeiro, a capacidade de carga e o alcance da aeronave.
Em 2 de outubro de 2007 a ATR anunciou uma nova versão para as suas aeronaves, conhecida com "series 600". O ATR-42-600 incorpora avanços tecnológicos como novos motores, telas de LCD, EFIS, entre outros. O primeiro ATR-42-600 voou em 4 de março de 2010 e a primeira entrega aconteceu no dia 4 de novembro de 2012 para a Precision Air Services.
No Brasil o ATR-42 se tornou popular entre as companhias regionais na segunda metade da década de 90. Inicialmente a maior operadora era a Total, que chegou a operar 10 unidades e foi a primeira a operar o ATR-42-500 no Brasil, em 2005. Quando foi comprada pela Trip, esta passou a ser a maior operadora no Brasil e chegou a operar 21 ATR-42.

Operadoras no Brasil: Atlântico, Azul, Pantanal, Passaredo, Map, Total, Trip

 


 

Origem: França / Itália
Produzido: 1985 - hoje
Comprimento:
22,67 m
Envergadura: 24,57 m
Altura: 7,59 m
Peso da aeronave: 10,5 ton. / 11,2 toneladas (500/600)
Peso máximo decolagem/pouso: 16,9 toneladas / 18,6 toneladas (500/600)
Capacidade de combustível: 3,6 - 5,6 mil litros
Motores:
300:
2x Pratt & Whitney Canada PW120
320 e 400:
2x Pratt & Whitney Canada PW121
500:
2x Pratt & Whitney Canada PW127E
600:
2x Pratt & Whitney Canada PW127M
Velocidade de cruzeiro: 450 km/h / 511 km/h (600)

Velocidade máxima:
494 km/h (300/320/400) /
554 km/h (500) / 560 km/h (600)
Altitude de Cruzeiro: 7620 km (24,9 mil ft) / 7624 km (25 mil ft) (600)
Pista mínima para decolagem: 1,16 km
Alcance: 885 km (300/320/400) / 1555 km (500) / 1300-1560 km (600)
Passageiros: 40-50
Tripulação: 3
Primeiro voo: 1984
Substituto de: Dash DHC-7, Dash-8-100/200, CRJ-100, Embraer EMB-120, Fokker 27
Concorrentes:
Dash-8-300, CRJ-200, ERJ-140/145, Fokker 50

Companhia Lançadora: Air Lottoral
Comparar com outras aeronaves

Modelo: Construídos: Ativos: Encomendas: Acidentes:
ATR-42-200 2     1
ATR-42-300 283 131   27
ATR-42-400 2     0
ATR-42-500 134 108   6
ATR-42-600 31 28 31 1
TOTAL: 452 268 31 35


 

 

 

 

 

 

 

ATR-72-100/200/500/600

O ATR-72 é uma versão alongada do ATR-42. O ATR72 foi lançado em janeiro de 1986 e além de maior, tinha motores mais potentes e maior capacidade de combustível. Em 27 de outubro de 1988 o ATR-72 voou comercialmente pela primeira vez nas cores da Finnair.
A primeira versão ficou conhecida como ATR-72-100, mas essa versão foi usada somente para voos de testes. A segunda versão, ATR-72-200, foi a primeira versão para vendas. A versão 200 teve uma sub-versão conhecida como ATR-72-210 com novos motores e melhor performance em regiões quentes e aeroportos em altas altitudes.
Em 1997 a versão ATR-72-500 foi certificada para voar comercialmente. A versão substituiu a versão anterior e possuía um novo motor, com seis pás de hélices e maior capacidade de carga. Uma versão alongada do ATR-72 foi cogitava. Ela se chamaria ATR-82 e teria capacidade para até 80 passageiros. Porém esse projeto foi descartado pela fabricante.
No dia 2 de outubro de 2007 a ATR anunciou uma nova versão para as suas aeronaves, conhecida com "series 600". O ATR-72-600 incorpora avanços tecnológicos como novos motores, telas de LCD, EFIS, entre outros.
No Brasil, a primeira companhia a operar o ATR-72 foi a Total em 2005. Logo depois a companhia foi comprada pela Trip, que se tornou a maior operadora de ATR do mundo. A Trip foi a primeira a operar a versão ATR-72-500 no Brasil, em 2008. Em 2012 a Trip foi comprada pela Azul, que passou a ser a maior operadora de aeronaves ATR no Brasil. A Azul foi a primeira companhia do Brasil e uma das primeiras do mundo a operar o ATR-72-600.

Operadoras no Brasil: Azul, Map, Passaredo, Total, Trip

 


Origem: França / Itália
Produzido: 1989 - hoje
Comprimento:
27,17 m
Envergadura: 27,05 m
Altura: 7,65 m
Peso da aeronave: 12,9 toneladas
Peso máximo decolagem/pouso: 22,5/21,3 toneladas / 23 toneladas (600)
Capacidade de combustível: 4 mil litros
Motores
200:
2x Pratt & Whitney Canada PW124B
210:
2x Pratt & Whitney Canada PW127
500:
2x Pratt & Whitney Canada PW127F ou PW127M
600:
2x Pratt & Whitney Canada PW127M
Velocidade de cruzeiro: 470 km/h / 511 km/h (600)
Velocidade máxima:
494 km/h (200) /
554 km/h (500) / 560 km/h (600)
Altitude de Cruzeiro: 7,62 km (25 mil ft) / 7624 km (25 mil ft) (600)
Pista mínima para decolagem: 1,16 km
Alcance: 1324-1650 km / 1500-1665 km (600)
Passageiros: 62-74
Tripulação: 4
Primeiro voo: 1988
Substituto de: BAe-146-100/Avro RJ-70, Dash DHC-7, Dash-8, CRJ-100/200, Fokker 27, Fokker 28, Fokker 50
Concorrentes:
Dash 8-400, CRJ-700, E-170, Fokker 70
Companhia Lançadora: Finnair
Comparar com outras aeronaves

  Modelo: Construídos: Ativos: Encomendas: Acidentes:
  ATR-72-200 187 112   14
E ATR-72-500 368 301   10
  ATR-72-600 345 309 258 2
  TOTAL: 900 722 258 26

 

 

 

 

 

atualizado em dezembro de 2016

Aviação Comercial