Lockheed Constellation / Super Constellation / Starliner

A Lockheed estava estudando desde 1937 uma avião de quatro hélices conhecido como L-044 Excalibur. Mas em 1939 o principal acionista da TWA, Howard Hughes, pediu à Lockheed um avião de 40 passageiros e capaz de voar entre Nova York e Los Angeles sem escalas. Isso era maior que o projeto do Excalibur e então um novo projeto foi iniciado, o L-049.
Em 1939 foi lançado o modelo definitivo Lockheed L049 Constellation, que entrou em serviço pela TWA em 1 de outubro de 1945. Com a Segunda Guerra Mundial o L049 Constellation ganhou uma versão militar, o C-69.
Após a guerra, o Constellation ou "Connie" se tornou extremamente popular e tornou as viagens de avião mais confortáveis e acessíveis. O Constellation tem o recorde de voo de maior duração sem escalas, o voo inaugural da TWA entre São Francisco e Londres que durou 23 horas e 19 minutos. O recorde só foi quebrado pelo Boeing 777.
Em 1946 foi lançado o L-649 com motores mais potentes. Porém todos os L-649 foram adaptados para uma nova versão chamada L-749 standard.
Com o aquecimento no setor aéreo a Lockheed lançou uma versão maior do Constellation, conhecido como Lockheed L1049 Super Constellation. O Super Constellation foi lançado pela Eastern Airlines em 1951. Durante a sua produção um total de dezesseis modelos foram criados! Com incrementos de "100" do L-1049 ao L-1649 (o modelo "L1349" não existe por motivos de superstição). Além disso ainda tinham sub-variantes com "A", "B" e assim sucessivamente. Porém menos de um terço dos projetos saíram do papel.
Foi construído também um modelo conhecido como L-1649 Starliner, feito para competir com o DC-7C. Este possuía maior alcance e capacidade de combustível. O primeiro voo foi em outubro de 1956.
Com o surgimento dos aviões a jato Boeing 707 e DC-8, o Constellation foi rapidamente substituído nas rotas de longa distância. Ele permaneceu até meados do final da década de 60 voando em rotas mais curtas, como as rotas domésticas longas nos EUA.
No Brasil a Panair do Brasil operou um total de doze L049 e L149 Constellation. Com eles foi inaugurada a primeira rota para Europa, em 1946. No final dos anos 50 e inicio dos 60, os L049/L149 foram substituídos pelos DC-7 e DC-8. Mas eles continuaram operando na empresa até a sua falência em 1965. A Varig escolheu o Lockheed L1049 Super G Constellation para inaugurar a sua primeira rota para os EUA, em 1955. A companhia operou um total de cinco Supet G Constellations, que foram substituídos pelos Caravelle e B707 no inicio dos anos 60. Depois eles passaram a operar rotas domésticas até serem desativados, no final dos anos 60. Por fim a Real operou quatro Lockheed L1049 Super H Constellation de 1959 a 1961, nas suas rotas para os EUA e Japão.

 

Versões:
Constellation:

Lockheed L049: Primeiro modelo comercial, lançado em 1943. Foi derivada da versão militar C-69, mas possuía peso máximo de decolagem maior e motores Wright Cyclone 745C18BA3.
Lockheed L049A: Possuía novas asas e trem de pouso reforçado, aumentando o peso máximo de decolagem para 40,8 toneladas.
Lockheed L049B: O peso máximo de decolagem foi novamente aumentado, dessa vez para 42,2 toneladas.
Lockheed L049C: O trem de pouso principal foi mais uma vez reforçado.
Lockheed L049D: Com as asas reforçadas e peso máximo de decolagem aumentado para 43,6 toneladas.
Lockheed L149: A "evolução" do L049D, com tanque de combustível nas asas e peso máximo de decolagem de 45,4 toneladas.
Lockheed L649: Foi lançado em 1946 e possuía novos motores Wright 749C18BD1, maior capacidade de assentos, ar condicionado e peso máximo de decolagem de 42,7 toneladas.
Lockheed L649A: Novas asas, fuselagem reforçada, novos freios e peso máximo de decolagem aumentado para 44,5 toneladas.
Lockheed L749
: Foi lançado em 1947 e tinha maior capacidade de combustível e peso máximo de decolagem de 46,3 toneladas.
Lockheed L749A: Asas, fuselagem, trem de pouso e freios reforçados e peso máximo de decolagem aumentado para 48,5 toneladas.

Super Constellation:
Lockheed L1049: Foi o primeiro modelo da série "Super Constellation", lançado em 1951. Possuía fuselagem alongada, melhor sistema de pressurização, nova cabine de passageiros, novos motores Wright Cyclone 975C118CB1 e peso máximo de decolagem de 54,4 toneladas.
Lockheed L1049A: Versão militar do L1049.
Lockheed L1049B: Versão cargueira do L1049, com motores Wright 972TC18DA1 e estrutura reforçada, permitindo um peso máximo de decolagem de 59,0 toneladas.
Lockheed L1049C: Possuía novos motores "Turbo Compound", nova cabine e peso máximo de decolagem de 60,4 toneladas.
Lockheed L1049D: A versão cargueira do L1049C com estruturas reforçadas para permitir um peso máximo de decolagem de 68,1 toneladas.
Lockheed L1049E: Versão de passageiros com estruturas reforçadas para permitir um peso máximo de 68,1 tonelasas.
Lockheed L1049F: Versão militar do L1049E.
Lockheed L1049G "Super G Constellation": Foi a versão de maior sucesso, com novos motores Turbo Compound Wright TC18DA3, tanque de combustível extra na ponta das asas, janelas quadradas e peso máximo de decolagem de 64,3 toneladas.
Lockheed L1049H "Super H Constellation": versão conversível passageiro/carga da versão G.
Lockheed L1649 Starliner: Versão de extra longo alcance do Super G Constellation, com novas asas e tanques adicionais de combustível. Peso máximo de decolagem 72,6 tonelasas.

Operadoras no Brasil: Panair do Brasil, Real Aerovias, Varig

 

 

 


Gerhard Vysocan

 

 

 

 

 

Origem: Estados Unidos
Produção: 1943-1958 (Constellation) / 1951-1958 (Super Constellation)
Comprimento: 29,00 m / 37,62 m (G)
Envergadura:
37,49 m
Altura:
7,21 m
Peso da aeronave: 33 toneladas (G)
Peso máximo de decolagem/pouso:
L049: 44/37 toneladas
L749: 48/40 toneladas
L1049G: 62/51 toneladas

Capacidade de combustível:
L049: 18 mil litros
L749: 22,3 mil litros
L1049G:
29,7 mil litros
Motores: 4
x Wright Cyclone Turbo Compound
L049: 4x Wright R-3350- C18-BA-3
L749: 4x Wright R-3350-C18-BD
L1049G: Wright R-3350-972-TC-18-DA-3
Velocidade de cruzeiro: 505 km/h / 565 km/h (G)
Velocidade máxima:
529 km/h / 670 km/h (G)
Altitude de cruzeiro: 7,6 km
Pista mínima para decolagem: 1,2 km
Passageiros: 60 a 109
Primeiro voo: 1943
Concorrentes: DC-6, DC-7, Boeing 377, Bristol Britannia

Alcance:

L049: 3648-6426 km
L749: 4463-6111 km
L1049G: 6704-7750 km
L1649: 7950-9945 km
Comparar com outras aeronaves

 

Modelo: Construídos: Acidentados:
L049 63 21
L049D 6 1
L049E 6 1
L149 10 3
L749 22 6
L749A 122 32
L1049 24 8
L1049C 25 7
L1049E 9 2
L1049G 142 21
L1049H 59 24
TOTAL: 488 126

 

Aeronaves Lockheed:

Lockheed L-188 Electra II, Lockheed L-1011 Tristar

 

Aviação Comercial