English

A Azul Linhas Aéreas foi anunciada em 2008 por David Neeleman, o mesmo fundador da JetBlue (empresa americana). O nome da companhia foi escolhido por uma votação na internet, onde os nomes finalistas foram "Samba" e "Azul". Apesar da maioria ter votado em "Samba", a empresa achou melhor o usar o nome "Azul".
A empresa iniciaria operações em 2009, mas acabou iniciando em dezembro de 2008 com um Embraer E-190 (ex-JetBlue). A Azul foi a primeira companhia aérea no Brasil a operar a nova família de jatos da Embraer. Antes somente a Rio Sul (subsidiária da Varig) operou um jato brasileiro no Brasil, o ERJ-145. Os E-Jets são mais recentes que as aeronaves B737 e A320, que até então dominavam o mercado doméstico brasileiro, e não possuem o "assento do meio". Outra novidade são telas individuais em cada assento, até então esse tipo de entretenimento só estava presente em voos internacionais. A companhia também inovou no serviço de bordo, dispensando o "carrinho". Os alimentos são oferecidos aos passageiros em grandes cestas e eles podem pegar o que e quanto quiserem.
A empresa pretendia iniciar operações no aeroporto Santos Dumont (Rio de Janeiro), mas o aeroporto era restrito somente para voos com aeronaves de até 50 assentos e a ponte aérea RJ-SP. A companhia alegava que não era competitiva no Galeão, pois as suas principais rivais (Tam e Gol) operavam com aviões para muito mais passageiros. No entanto o governador do Rio era contra a abertura do Santos Dumont, pois isto prejudicaria as intenções de privatizar o Galeão. Uma batalha judicial então foi travada. Em dezembro de 2008 o conflito ainda não tinha sido resolvido, então a Azul iniciou operações no aeroporto de Viracopos (Campinas). O voo inaugural aconteceu em 15/12/2008 ligando Campinas à Salvador e Porto Alegre. Posteriormente a companhia recebeu novas aeronaves E-190 e E-195 e foi ampliando a sua malha aérea.
Em março de 2009 a companhia chegou em Recife, Fortaleza, Navegantes, Manaus.
Em julho de 2009 a Azul já voava também para Campo Grande, Maringá, Maceió e Belo Horizonte. Nesse mês a companhia também começou os primeiros voos sem ser de Campinas: entre Navegantes e Porto Alegre e Vitória e Salvador.
Em maio de 2009 a Azul ultrapassou a WebJet e tornou-se a terceira maior companhia aérea do Brasil, atrás apenas da Gol e da Tam. Mas em setembro do mesmo ano, a companhia foi ultrapassada pela WebJet e permaneceu na quarta posição. Somente em julho de 2010 a Azul passou novamente a WebJet e se consolidou como terceira maior companhia aérea do Brasil.
Em 2010 a companhia continuou ampliando a sua malha chegando à Goiânia, Joinville, Foz do Iguaçu, Teresina, São Luis e Belém. A Azul também transformou o aeroporto de Confins (Belo Horizonte) no seu segundo maior Hub. Em 20 de julho a companhia anunciou a compra de aeronaves ATR-72-600 para atender cidades de menor porte, onde o jato não consegue pousar ou é muito grande para a demanda. Para adiantar a Azul começou a  receber, em dezembro, aeronaves ATR-72-200. Com elas a companhia lançou voos para Uberaba, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e Presidente Prudente.
Em 7 de outubro de 2011 a Azul recebeu o seu primeiro ATR-72-600, a primeira da América Latina e uma das primeiras no mundo a receber o novo modelo da ATR.
Em maio de 2012 a Azul e a Trip anunciaram uma fusão, criando a terceira maior companhia aérea do Brasil com uma frota de 120 aeronaves e 15% do mercado nacional. Por causa da fusão, a marca Azul foi modificada, onde a letra "u" ficou com um tom de azul mais claro. Ao incorporar a Trip, a Azul passou a atender nada menos do que 100 cidades no Brasil! Também em 2012 a Azul passou a oferecer TV ao vivo a bordo de suas aeronaves. Nesse ano a companhia ganhou o prêmio de melhot low cost da América do Sul.
Em abril de 2014 a empresa anunciou a aquisição de seis
Airbus A330-200 e cinco Airbus A350-900 para iniciar voos internacionais para os EUA. A Azul também começou a fechar acordos com companhias aéreas estrangeiras como a Tap e a United. Usando a mesma estratégia ao escolher Viracopos, a Azul escolheu um aeroporto secundário (Fort Lauderdale ao invés de Miami) para seus voos nos EUA. Os voos entre Campinas e Fort Lauderdale foram inaugurados no dia 1º de dezembro de 2014. No dia 15 foi a vez dos voos entre Campinas e Orlando. A Azul também tinha planos de voar de Campinas para Nova York, mas acabou adiando os planos em detrimento de mais voos para a Flórida.
Em novembro de 2014 a Azul anunciou a encomenda de 63 aeronaves Airbus A320neo. Os planos da companhia são usar os novos A320neo para expandir a malha com rotas entre os principais aeroportos brasileiros, concorrendo diretamente com a Tam e a Gol. Para as rotas regionais a Azul anunciou a encomenda de 30 Embraer E195-E2.
Em junho de 2015 a United anunciou a compra de 5% da Azul por US$100 milhões.  Em outubro a companhia introduziu o novo interior nos
A330 com classe econômica, econômica premium e executiva. Com a forte redução na demanda, a Azul decidiu enxugar as suas rotas internacionais, concentrando os voos a partir de Campinas. Em novembro o HNA Group, que controla a Hainan Airlines, anunciou a compra de 23,7% da Azul.
Após o investimento de David Neeleman e da própria Azul na Tap, as duas companhias iniciaram um acordo de compartilhamento de voos e programa de milhagem e no dia 4 de maio de 2016 a Azul inaugurou a rota Campinas - Lisboa. A Azul também transferiu algumas aeronaves para a Tap, reduzindo a oferta de assentos em aproximadamente 7% no mercado doméstico.
Em fevereiro de 2016 a empresa anunciou que escolheu Recife como HUB no nordeste, ampliando as operações na cidade para 32 ligações diárias e 24 destinos.
No dia 1º de julho de 2016 a Azul iniciou voos entre Porto Alegre e Montevidéu.
No dia 20 de outubro de 2016 a companhia recebeu o seu primeiro A320neo. O voo inaugural aconteceu no dia 1º de dezembro, na rota Campinas - Salvador. A Azul também anunciou que tem planos de voar para Buenos Aires e Santa Cruz de la Sierra em 2017.

 

Evolução da Empresa:
Logo Antigo:

Evolução da Empresa:

Pinturas Especiais:

 

Fundação: 5 de maio de 2008
Principais Aeroportos: Viracopos, Confins

Sede: Barueri
Códigos: AZU / AD
Aeronaves da frota: Airbus A330-200, ATR-42-500, ATR-72-500, ATR-72-600, Embraer E-175, Embraer E-190, Embraer E-195
Aeronaves já operadas: ATR-42-300, ATR-72-200
Destinos nacionais: 103
Região Sul: Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Caxias do Sul, Criciúma, Navegantes, Joinville, Chapecó, Foz do Iguaçu, Cascavel, Maringá, Londrina.
Região Sudeste: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Maringá, Bauru, Presidente Prudente, Araçatuba, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, Campinas, São José dos Campos, Resende, Cabo Frio, Macaé, Campos, Juiz de Fora, Varginha, São João Del Rei, Ipatinga, Governador Valadares, Diamantina, Montes Claros, Araxá, Pato de Minas, Uberaba, Uberlândia.
Região Centro-Oeste: Brasília, Goiânia, Campo Grande, Cuiabá, Dourados, Bonito, Corumbá, Calda Novas, Rio Verde, Rondonópolis, Sinop, Alta Floresta.
Região Nordeste: Salvador, Aracajú, Maceió, Recife, João Pessoa, Natal, Fortaleza, São Luis, Palmas, Teresina, Porto Seguro, Ilhéus, Vitória da Conquista, Lençóis, Barreiras, Petrolina, Fernando de Noronha, Juazeiro do Norte, Araguaína.
Região Norte: Belém, Manaus, Porto Velho, Rio Branco, Carajás, Marabá, Tucuruí, Altamira, Santarém, Itaituba, Parintins, Porto Trombetas, Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira, Coari, Tefé, Fonte Boa, São Paulo de Olivença, Tabatinga, Humaitá, Lábrea, Eirunepé, Vilhena, Cacoal, Ji-Paraná.
Destinos internacionais:
Cayenne, Montevidéu, Fort Lauderdale, Orlando, Lisboa.

 

> Veja a frota da Azul

 

> Veja o Mapa de Rotas atual e o hisórico




 

Atualizado em dezembro de 2016

Aviação Comercial