A Star Alliance foi a primeira e é a maior aliança global entre empresas aéreas. A aliança foi fundada no dia 14 de maio de 1997 por cinco companhias aéreas de diferentes partes do mundo, que estão representadas nas cinco partes que compõe a estrela do logo da aliança. A primeira companhia a entrar depois da fundação foi a Varig, em novembro de 1997. A aliança foi investigada pela União Européia devido a suspeitas de comportamento anti-competitivo, pois a aliança criaria uma "fusão virtual" entre as empresa aéreas membro. A fundação da Star Alliance foi sem dúvidas um marco na história da aviação mundial, facilitando as conexões e os acordos entre companhias aéreas e causando a criação de concorrentes: a SkyTeam e a OneWorld. As companhias aéreas membro compartilham rotas, lounges, check-in/out, emissão de passagens, entre outros serviços.
Em 2004 a Star Alliance desenvolveu o "regional concept" e companhias regionais passaram a fazer parte da aliança.
Em fevereiro de 2007 a Varig se retirou da aliança, pois não tinha mais nenhuma rota regular.
Em 13 de maio de 2010 a aliança voltou a ter uma representante brasileira com a entrada da Tam. Porém, em março de 2014, a Tam deixou a aliança para se juntar a Lan na OneWorld.
Em julho de 2015 a Avianca Brasil entrou na aliança. No entanto a Star Alliance busca uma outra parceira brasileira para a aliança, provavelmente a Azul.
Em dezembro de 2015 a Star Alliance lançou o Connecting Partner Model, permitindo que companhias aéreas low cost, low fare façam parte da aliança.

Fundação: 1997
N° de membros: 27
Destinos: 1321 em 193 países
Frota: mais de 4 mil aeronaves
Sede: Frankfurt, Alemanha

 

> Integrantes:

Fundadoras: Air Canada, Lufthansa, SAS, Thai e United.

Atuais: Air New Zealand (1999), ANA (1999), Austrian Airlines (2000), Singapore Airlines (2000), LOT (2003), Asiana Airlines (2003), TAP (2005), South African Airlines (2006), Swiss (2006), Air China (2007), Turkish Airlines (2008), Egypt Air (2008), Brussels Airlines (2009), Aegean (2010), Ethiopian Airlines (2011), Avianca (2012), Copa (2012), Shenzhen Airlines (2012), EVA Air (2013), Air India (2014), Avianca Brasil (2015)

Regionais: Adria Airways (2004), Croatia Airlines (2004)

Já Foram Integrantes: Ansett Autralia (1999-2001), Mexicana (2000-2004), Varig (1997-2007),  Shanghai Airlines (2007-2010), Continental Airlines (2009-2012), Spanair (2003-2012), BMI (2000-2012),  Blue1 (2004-2012), Tam (2010-2014), US Airways (2004-2014)


 

Atualizado em dezembro de 2016

Aviação Comercial