A história da companhia começou em 1937 como Malayan Airlines. A companhia voou pela primeira vez em abril de 1947, num voo fretado com o avião Airseed Consul. A companhia começou voos regulares e a crescer na região com a ajuda da BOAC e Qantas.
Em 1963 o nome da companhia foi mudado para Malayan Airways quando a Malásia, Cingapura, Sabah e Sarawak formaram a Federação da Malásia.
Em 1966 a Singapura saiu da confederação e o nome da companhia foi mudado para Malayan-Singapore Airlines. A partir daí a companhia introduziu aeronaves a jato na frota como o Boeing 707 e Boeing 737.
No inicio da década de 70 os governos da Singapura e Malásia tiveram divergências políticas e a Malayan-Singapore Airlines encerrou as suas atividades em 1972. A companhia foi divida em duas: Malaysian Airlines System e Singapore Airlines. A Singapore Airlines ficou com os Boeings e as rotas internacionais a partir de Cingapura.
A Singapore Airlines obteve um rápido crescimento na década de 70 ampliando a sua malha para cidades na Ásia. Em setembro de 1973 recebeu o seu primeiro Boeing 747. No mesmo ano a empresa também lançou voos para Londres.
No final da década a companhia começou a oferecer voos supersônicos entre Cingapura e Londres, em parceria com a British Airways, porém os voos foram cancelados posteriormente por imposições da Malásia.
Na década de 80 a Singapore lançou novos voos para os Estados Unidos, Canadá e Europa. Também nessa década a participação do governo na empresa foi reduzida para 53%.
Na década de 90 a companhia chegou na África com os voos para Johanesburgo e depois para Cidade do Cabo e Durban.
Nos anos 2000 a Singapore Airlines começou a ser reconhecida mundialmente como uma das melhores companhias aéreas do mundo. Desde sua fundação a companhia investiu na qualidade dos seus serviços e ganhou inúmeros prêmios de melhor companhia do mundo. Indo contra a "onda" mundial de que para dar lucro tem que ser "low cost, low fare" ou cortar custos e mimos para os passageiros, a Singapore Airlines veio apresentando excelentes resultados financeiros e começou a comprar participações em outras companhias como a Virgin Atlantic e Air New Zealand.
Em 2004 foram lançados os voos trans-pacífico entre Cingapura e Los Angeles com o Airbus A340-500, o primeiro voo sem escalas entre a Singapura e os EUA. A companhia foi responsável pelo recorde de voo comercial mais longo do mundo no voo entre Cingapura e Newark (cerca de 18 horas).
Em abril de 2000 entrou na Star Alliance e em setembro foi a primeira companhia aérea do mundo a encomendar o Airbus A380, na época ainda conhecido como Airbus A3XX. Foram dez unidades firmes e opção para outros quinze, confirmadas em julho de 2001.
Em fevereiro de 2006 um A380 com as cores da Singapore Airlines voou para Cingapura para participar do Asian Aerospace 2006. Com o atraso da entrega do A380, a Singapore respondeu encomendando o Boeing 777-300ER e Boeing 787. O primeiro voo comercial do Airbus A380 finalmente aconteceu em 25 de outubro de 2007. O A380 saiu de Cingapura e direção a Sydney com quatrocentos e cinqüenta e cinco passageiros. Em 28 de outubro os voos regulares com o A380 começaram para Sydney, Tokyo, Paris, Hong Kong e Londres.
Em 28 de março de 2011 a Singapore Airlines iniciou voos para São Paulo, com o Boeing 777-300ER e escala em Barcelona.
Em abril de 2012 a companhia realizou o seu último voo de passageiros com o Boeing 747.

 


A SilkAir foi fundada em 1976 como Tradewinds Charters. Em 1992 a companhia mudou para o atual nome. A companhia é totalmente controlada pela Singapore Airlines e atua como sua subsidiária regional.


A Scoot foi fundada em novembro de 2011 e opera como uma subsidiária low cost, low fare da Singapore.


 Evolução da empresa:


Fundação:
1972
País:
Singapura
Principais Aeroportos: Aeroporto Internacional de Changi

Sede: Cingapura
Códigos: SIA / SQ
Aeronaves já operadas: Airbus A300B4, Airbus A310-200, Airbus A310-300 Airbus A340-300, Airbus A340-500, Boeing 707-300, Boeing 727-200, Boeing 737-100, Boeing 737-200, Boeing 737-300, Boeing 747-200, Boeing 747-300, Boeing 757-200, Douglas DC-10-30, Fokker F-27. (Concorde em parceria com British Airways).
Destinos:
64
Destinos no Brasil: São Paulo

 

> Frota Atual:

E
Aeronave: Ativos: Inativos: Idade Média: Encomendas: Passageiros:
SINGAPORE
Airbus A330-300 27 2 4 anos   285
Airbus A350-900 2   0 ano 68 253
Airbus A380 19   6 anos 5 471 ou 441 ou 409 ou 379
Boeing 747-400F 9   13 anos   -
Boeing 777-200ER 21 3 13 anos   266 ou 285 ou 323
Boeing 777-300 6   12 anos   284
Boeing 777-300ER 27   6 anos   278
Boeing 787-10       30  
TOTAL: 111 5 7 anos 103 -
SILKAIR
Airbus A319 4   8 anos   128 (8J+120Y)
Airbus A320 11   6 anos   142 (16J+126Y) ou 150 (12J+138Y)
Boeing 737-800 15   1 ano 8 162 (12J+150Y)
Boeing 737-8MAX       31  
TOTAL: 30 0 4 anos 39 -
SCOOT
Boeing 787-8 5   0 ano 5 335 (21J+314Y)
Boeing 787-9 6   1 ano 4 375 (35J+340Y)
TOTAL: 11 0 1 ano 9 -

TOTAL DO GRUPO: 146

Airbus A380

Configurações:
471 (12F+60J+399Y), 441 (12F+60J+36W+333Y), 409 (12F+86J+311Y), 379 (12F+86J+36W+245Y)
Velocidade: mach 0.85
Motores: 4xRR Trent 900
A bordo: internet, USB, tomada 110v
Airbus A350-900

Configurações:
253 (42J+24W+187Y)
Velocidade:
mach 0.85
Motores: 4xRR Trent XWB-84
A bordo: internet, USB, tomada 110v
Airbus A330-300

Configurações:
285 (30J+255Y)
Velocidade: mach 0.82
Motores: 2xRR Trent 700
A bordo: iPod e iPhone, Audio-Video input, USB, tomada 110v
Boeing 777-300ER

Configurações:
278 (8F+42J+228Y), 264 (8F+48J+28W+184Y)
Velocidade: mach 0.84
Motores: 2x GE90-115B
A bordo: internet, USB, tomada 110v
Boeing 777-300

Configurações:
284 (8F+50J+226Y)
Velocidade: mach 0.84
Motores: 2x RR Trent 892
Boeing 777-200ER

Configurações:
266 (38J+228Y) ou 285 (30J+255Y) ou 323 (30J+293Y)
Velocidade: mach 0.84
Motores: 2x RR Trent 892 ou 884

Códigos: F: Primeira Classe, J: Classe Executiva, W: Classe Econômica Premium, Y: Classe Econômica

 

> Histórico da Frota:

E
Aeronave 1985 1995 2004 2010 2015
Airbus A310-200/300 6 22      
Airbus A330       8 30
Airbus A340     3 5  
Airbus A380       10 19
Boeing 737-300   1      
Boeing 747 18 47 30 8 8
Boeing 757 4        
Boeing 777     52 75 54
TOTAL: 28 70 85 106 111

 

 

> Mapa de Rotas:

ÁSIA

OCEANIA

ÁFRICA e ORIENTE MÉDIO

EUROPA

AMÉRICA

 

Atualizado em maio de 2016

Aviação Comercial