Texto: 

Apesar de não existir mais, a Pan Am continua sendo uma das companhias aéreas mais conhecidas do mundo devido à sua importância na história da aviação mundial. A empresa lançou diversas inovações como o uso exclusivo de aviões à jato, sistemas informatizados, classe econômica e reservas pelo computador. A Pan Am foi apenas a principal empresa de um grupo internacional colossal, que possuía companhias aéreas em todo o mundo.
Em 14 de Março de 1927 nascia a Pan American Airways Incorporated, fundada pelo Major Henry H. "Hap" Arnold e seus parceiros. Porém a empresa não tinha nenhuma aeronave.
A Pan American Airways Incorporated, ou simplesmente Pan Am, só começou a voar com Juan Terry Trippe e a sua empresa (Aviation Corporation of America), fundada em Junho de 1927.
Finalmente em 28 de Outubro de 1927 a Pan Am voou pela primeira vez. A empresa iniciou fazendo o transporte de cargas para o correio. O seu primeiro vôo foi entre Key West e Havana, em Cuba. O governo americano ajudou bastante a Pan Am, pois tinha medo e a SCADTA (empresa colombiana, depois conhecida como Avianca) não tivesse concorrência para as rotas entre a América do Latina e os EUA. Sendo assim, o governo dos EUA isolou os concorrentes americanos da Pan Am gerando um tipo de monopólio nas rotas internacionais. Com isso na década de 20 e 30 a Pan Am expandiu rapidamente a sua malha internacional, cobrindo toda a América. E como se não bastasse a Pan Am começou a comprar várias empresas com dificuldades financeiras na América Central e América do Sul.
Em 1930 a Pan Am já cobria todo o Caribe e ajudou a formar a Mexicana. No mesmo ano, comprou a NYRBA Airlines (Nova York Rio de Janeiro Buenos Aires), empresa que ligava os Estados Unidos à América do Sul. A NYRBA virou a Panair do Brasil. Mesmo com um crescimento tão rápido, a Pan Am ficou mundialmente famosa pela qualidade de seus funcionários, principalmente seus pilotos que eram muito bem treinados. Uma das marcas registradas da Pan Am era o batismo de aeronaves (dar nome as aeronaves). Um nome que ficou famoso e foi repetido em diversas aeronaves da Pan Am foi "Clipper", que vem do verbo inglês "to clip" (avançar rapidamente). A origem vem também a aeronave da Boeing, o Boeing 314.
Em 24 de Junho de 1939 a Pan Am iniciou vôos para a Inglaterra com os Boeing 314. Na época os "Clippers" Boeing 314 eram os principais aviões da empresa, com capacidade para 74 passageiros. No ano seguinte a Pan Am, TWA e a Northwest Airlines foram as primeiras companhias aéreas do mundo a utilizar uma aeronave pressurizada, o Boeing 307 (também conhecido como Stratocruiser).
Durante a Segunda Guerra Mundial, a Pan Am foi a pioneira na rota para o Irã, passando por toda África Ocidental e Central. A Pan Am também criou uma rota que dava a volta ao mundo saindo se São Francisco e fazendo diversas escalas, entre elas em Honolulu, Tokyo, Hong Kong, Bangkok, Manila, Calcutá, Nova Deli, Beirute, Istambul, Frankfurt, Londres e Nova York. Os "Clippers" da Pan Am foram servir as forças amadas americanas e muitos deles foram abatidos.
Em 1950 a Pan Am começou a enfrentar cada vez mais concorrentes e criou o conceito de "Classe Econômica" e a empresa foi renomeada para Pan American World Airways Inc.
Outra medida para enfrentar a concorrência foi o investimento em novas aeronaves. Em 1955 a companhia inovou encomendando mais de quarenta jatos de uma vez. Vinte Boeings 707 e vinte e cinco DC-8. As duas aeronaves eram novidades na época e apresentavam custos bem maiores por serem à jato, fazendo com que as companhias aéreas ficassem receosas se elas iriam lucrar com eles.
Em 26 de Outubro de 1958 a Pan Am fez o primeiro vôo transatlântico à jato com o Boeing 707 entre Nova York e Paris. Os 707 e DC-8 foram um sucesso na empresa e a Pan Am queria mais... Junto com a Boeing a Pan Am criou o maior avião comercial do mundo até então, o Boeing 747. A Pan Am, logicamente, foi a primeira a encomendar a aeronave, vinte e cindo 747s primeiramente em Abril de 1966.
Em 1962 a Pan Am inovou e pediu para a IBM construir um imenso computador, batizado de PANAMAC, para arquivar as reservas de passagem e hotéis. O computador ocupava todo o quatro andar do prédio da Pan Am, que chegou a ser o maior prédio comercial do mundo.
Em 15 de Janeiro de 1970 a Primeira Dama dos EUA batizou o primeiro Boeing 747-100 da Pan Am. Nos dias seguintes a Pan Am voou com o seu 747 pelo mundo para mostrá-lo as companhias aéreas interessadas e para as pessoas poderem visitá-lo por dentro. Somente em 21 de Janeiro o Boeing 747 fez o seu primeiro vôo comercial entre Nova York e Londres. Nessa época a Pan Am também havia encomendado três Concorde, mas cancelou a encomenda.
Na década de 70 a companhia lançou o slogan "World's Most Experienced Airline" (a companhia aérea mais experiente do mundo). A Pan Am servia mais de 150 países e todos os continentes do mundo com exceção da Antártida. Mas em 1973 a Pan Am sofreu com a crise do petróleo e viu a sua demanda de passageiros despencar. A Pan Am tinha uma enorme frota de 747 (mais de quarenta), pois apostava no aumento da demanda e o que aconteceu foi justamente o contrário. Era o iniciou de uma longa crise, que só acabaria com o falência da empresa.
Em 1980 a Pan Am finalmente tem acesso às rotas nacionais com a compra da National Airlines. Porém o meses mais tarde o governo americano desregulamentou o mercado e no final das contas a Pan Am pagou milhões de Dólares por uma coisa que seria de graça meses depois.
Na década de 80 a Pan Am começou a vender todas as suas participações em outras empresas para pagar as dívidas. A rede de hotéis, a United Airlines, todas as rotas para a Ásia, Austrália e ilhas do Pacífico e parte da frota foram vendidas. No Brasil a rota Pan Am operava duas vezes por dia com o Lockheed Tristar, que foi substituído pelo Boeing 747 em 1985.
Quando se achava que a situação não podia piorar, um Boeing 747 da Pan Am explodiu no ar em 21 de Dezembro de 1988. O avião foi alvo de um ataque terrorista e explodiu por causa de uma bomba à bordo. Mas mesmo assim as pessoas ficaram com medo de voar pela Pan Am e as aeronave ficaram ainda mais vazias.
Em 1989 a empresa tentou uma fusão com a Northwest Airlines, mas não conseguiu. A companhia inaugurou a rota Nova York - São Paulo sem escalas.
Em 1990 a demanda diminuiu mais ainda com a Guerra do Golfo. Nessa altura a empresa estava desesperada e quase não tinha dinheiro para se manter. Com isso vendeu quase todas as rotas transatlânticas para a United e Delta Airlines. A Delta chegou a cogitar comprar a empresa, mas desistiu quando viu o tamanho da dívida.
No inicio de 1991 a Delta comprou o restante dos ativos rentáveis da companhia e injetou 100 milhões de Dólares, ficando com 45% da empresa. A Pan Am passou a atender somente os EUA, Caribe e América Latina e a sede foi transferida para Miami. Mas a empresa continuava perdendo dinheiro.
Em 4 de Dezembro de 1991 a Pan Am voou pela última vez e a sua falência foi decretada.
Outras companhia aéreas com o nome Pan Am foram criadas, porém a única coisa que elas tem em comum é no nome.

 

Evolução da empresa:

Logos:

Pinturas:

 

Fundação: 1927
Encerrou atividades: 1991
País: Estados Unidos
Principais Aeroportos: Aeroporto Internacional John F. Kennedy (Nova York), Aeroporto Internacional de Miami (Miami), Aeroporto Internacional de Heathrow (Londres), Aeroporto Internacional Flughafen Frankfurt am Main (Frankfurt), Aeroporto Internacional Haneda (Tokyo).
Sede: Nova York
Códigos: PAA / PA
Destinos operados no Brasil: Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Belém, Brasília

 

> Frota:

> Frota/Ano:

E
Aeronave 1960 1965 1970 1975 1980 1984 1986 1988 1989 1990 1991

A300B4

          4 12 12 12 12 12

A310-200

            7 7 7 7 7

A310-300

              12 12 14 14

B377

22                    

B720

  6 9                

B707-100

6 6 8                

B707-300

18 49 118 88 24  

B727-100

    27 25 33 15  

B727-200

      26 39 51 86 92 104 95

B737-200

          16 16 11  

B747-100

    24 34 41 37 36 31 31 28 26
B747-200     1 2 6 7 7 7 7 6
B747-SP     11 11 10  

DC-3

3 3      

DC-4

21        

DC-6

45 19      

DC-7

26 20      

DC-8-30

1 17      

DC-8-62

    1    

DC-10-10

      11 8  

DC-10-30

      5 5  

L1011-500

      6 12 6  
TOTAL: 142 120 187 148 159 153 145 166 161 172 160

 

> Histórico da frota:

Aeronaves: Período operado: Total operado: Passageiros:
Airbus A300B4 1984-1991 13  254 (24+230)
Airbus A310-200 1985-1991 225 (18+207)
Airbus A310-300 1987-1991 14  196 (12+30+154)
Boeing 307 Stratoliner 1940-1948 33
Boeing 314 1939-1946 40 ou 74
Boeing 377 Stratocruiser 1949-1961 29  86
Boeing 707-121A/B 1958-1974 124
Boeing 707-321B/C 1959-1981 120 135
Boeing 720-020B 1963-1974 127
Boeing 727-121/C 1965-1991 46  94
Boeing 727-221 1979-1991 105 145
Boeing 737-200 1982-1991 16  116 (21+95)
Boeing 747-100 1969-1991 44  377 (39+52+286) ou 392 (31+32+329)
Boeing 747-212B/273C/221F 1974-1991 10  412 (21+44+347)
Boeing 747-SP 1976-1986 11  233 (47+100+86)
Boeing A-314 1941-1946  
Consolidated Commodore 1930-1943 14  14 a 22
Convair 240 1948-1957 20  40
Convair 340 1953-1955 42
Curtiss-Wright C-46F Commando 1948-1956 12  40
Douglas DC-2 1934-1941 14
Douglas DC-3/C-47/C-49/C-53 1937-1966 87 21
Douglas DC-4/C-54 1947-1963 88 44
Douglas DC-6A/B 1953-1968 45  88
Douglas DC-7B/C 1955-1966 33 84
Douglas DC-8-32 1960-1970 19  127
Douglas DC-8-62 1970-1971  
Douglas DC-10-10 1980-1984 11  270
Douglas DC-10-30 1980-1985  
Douglas R4D Skytrain 1942-1952 4 a 8
Douglas R5D Skymaster 1947-1961 4 a 8
Fairchild 71 1930-1940  
Fairchild 91 1936-1937  
Fairchild FC-2 1928-1933 6
Fokker F-10-A 1929-1935 12  12
Fokker F.VIIa-3m 1927-1930 8
Ford 4/5-AT 1929-1940 11 10 a 12
Lockheed 10-C/E Electra 1934-1938 4 7 a 10
Lockheed 9 Orion 1935-1936  
Lockheed L-049 1946-1957 29  54
Loockheed L1011-500 Tristar 1980-1986 12  280
Loockheed L049/L149 Constellation 1955-1955  
Loockheed L749 Constellation 1947-1950  
Loening C-2C Air Yacht

1928-1929

 
Martin M-130 1935-1945 41
Sikorsky S-38A/B 1928-1943 24 6 a 8
Sikorsky S-40 1931-1944 39
Sikorsky S-41 1930-1940 10
Sikorsky S-42/A/B 1934-1946 10 32
Sikorsky S-43/B 1936-1945 10 14
Stearman C3B 1932-1937 1  

 

> Mapa de Rotas:



ANO: 1928

 


ANO: 1931

 

 


ANO: 1936

 


ANO: 1969

 



ANO: 1979

 

 


DATA: Outubro de 1991

 

Atualizado em setembro de 2009

Aviação Comercial