A
Western Air Express foi fundada em 13 de Julho de 1925, em Los Angeles. Em 1930 a companhia se fundiu com a Transcontinental Air Transport e se tornou Transcontinental & Western Air ou simplesmente TWA. A companhia foi a primeira a oferecer o serviço e costa a costa dos EUA, em 1929 com avião e trem, e em 1930 somente com avião. Também em 1930, foi a primeira companhia a voar com uma aeronave com quatro motores, o Fokker 32.
Em 1932 a TWA pediu para a Douglas que construísse uma aeronave para doze passageiros. Nascia ai o DC-1, que foi aprimorado para o DC-2 e DC-3, este último a aeronave mais importante de todos os tempos na aviação comercial e responsável pela supremacia da Douglas até a era à jato. A companhia foi a única operadora do DC-1 e a primeira do DC-2 em 18 de Maio de 1934.
Em Janeiro de 1937, junto com a Boeing, a companhia anunciou o primeiro avião pressurizado do mundo, o Boeing 307 "Stratoliner". Eles chegaram em Maio de 1940 e faziam o vôo costa a costa, voando à 22 mil pés de altura. O vôo durava 13 horas e 40 minutos.
Em 1939, Howard Hughes comprou a companhia e encomendou quarenta Lockheed Constellation, a nova aeronave da Lockheed.  Hughes participou do projeto do Constellation e a sua companhia foi a primeira do mundo a operar essa aeronave, que também foi uma das mais importantes na história da aviação comercial. O Constellation entrou em serviço em 1946, na principal rota da companhia: Nova York - Los Angeles.
Após a Segunda Guerra Mundial, a Pan Am deixou de ser monopolista nos vôos internacionais. Com isso, em 1946 a TWA iniciou vôos para Paris com o Constellation.
Em 1950 a companhia mudou o seu nome para Trans World Airlines, continuando com a mesma sigla TWA. A companhia foi a primeira a oferecer um vôo transcontinental sem escalas, em 1953. Na década de 50 a companhia passou a ser a principal rival da Pan Am e lançou vários vôos internacionais para Europa.
A companhia entrou na era à jato com o Boeing 707-100 em Março de 1959, na rota São Francisco - Nova York. A companhia também encomendou 63 Convair 880.
Em 19 de Julho de 1961, a companhia inovou e foi a primeira do mundo a ter filme à bordo das aeronaves.
Em Abril de 1967 a TWA se tornou a primeira companhia aérea dos EUA a ter somente jatos na frota, com a retirada do último Constellation da frota.
Em 1970 a companhia foi a primeira a operar o Boeing 747 em rotas nacionais. No mesmo ano, foi também a primeira a oferecer assentos não fumantes em todas as aeronaves.
Na década de 80 a companhia começou a sentir dificuldades com o aumento do preço do petróleo, a recessão econômica e a desregulamentação do mercado no EUA. Em 1985 a TWA foi a primeira companhia a atravessar o atlântico com uma aeronave de duas turbinas, o Boeing 767. No inicio as pessoas tinham resistência ao 767 cruzando o oceano, pois quatro ou três turbinas pareciam ser mais seguras do que duas. Mas com o tempo as pessoas viram que o 767 era seguro e ele se tornou uma das principais aeronaves a cruzar o atlântico.
Em 1985 a empresa foi comprada por Carl Ichan, que vendeu as rotas internacionais da companhia para a American Airlines.
Em 1995 a companhia fez um acordo com a Karabu, onde ela poderia comprar qualquer passagem da TWA por 55% da tarifa original e depois revende-lo. Porém a companhia acabou tendo prejuízos com o acordo.

Na década de 90 a companhia iniciou um plano de reestruturação com aeronaves de grande porte menores e mais eficientes e novas aeronaves para rotas curtas. A companhia então foi uma das lançadoras do Boeing 717 e trouxe também os Boeing 757 e
Boeing 767.
Em 17 de Julho de 1996 os planos da companhia foram por "água a baixo" com um grande acidente. Um
Boeing 747 da companhia explodiu em pleno ar, matando 230 pessoas. As investigações concluíram que a causa mais provável foi uma explosão no tanque de combustível provocada pela fiação exposta. Além disso a mídia não cansava de publicar matérias dizendo como a frota da TWA estava velha. Conclusão: os vôos da companhia ficaram vazios.
Com dificuldades financeiras, a TWA foi comprada pela
American Airlines em Abril de 2001. O último vôo da TWA aconteceu em 1 de Dezembro de 2001, o MD-80 pousou em Saint Luis pela última vez.

 

Evolução da empresa:

Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!Click here for full size photo!
        

 

Fundação: 1925
Encerrou Atividades:
2001
País:
Estados Unidos
Principais Aeroportos:
Aeroporto Internacional de St. Louis, Aeroporto Internacional John F. Kennedy
Sede: St. Louis
Códigos: TWA / TW

Aeronaves já operadas: Boeing 707-100, Boeing 707-300, Boeing 717-200, Boeing 727-100, Boeing 727-200, Boeing 747-100, Boeing 747-200, Boeing 747-SP, Boeing 757-200, Boeing 767-200, Boeing 767-300, Douglas C-47, Douglas C-53, Douglas C-54, Douglas DC-1, Douglas DC-2, Douglas DC-3, Douglas DC-4, Douglas DC-9-10, Douglas DC-9-30, Douglas DC-9-40, Douglas DC-9-50, McDonnell Douglas MD-81/82/83, Caravelle, Convair 880, Lockheed Tristar, Lockheed Constellation (L1649, L1049 G/H, L649, L749), Martin 202/303/404, Curtiss C-46

 

 

> Mapa de Rotas:

ANO: 1935

ANO: 1946

 

ANO: 1958

 

ANO: 1968

 

ANO: 1994



 

Atualizado em Novembro de 2009

Aviação Comercial