English

Frota - Avianca Brasil (OceanAir)

> Frota Atual:

E

Aeronave

Ativo Inativo Idade Média Encomendas

Assentos

Selo ANAC
Airbus A318 7 8 9 anos   120 A
Airbus A319 4   6 anos   132 A
Airbus A320 28   3 anos   162 A
Airbus A320neo 4   0 ano 58 165 A
Airbus A330-200 3   1 ano   238 A
Airbus A330-200F 1   3 anos   - -
TOTAL: 47 8 4 anos 58 - -

(Atualizado em: setembro de 2017)

 

> Frota/Ano:

E
Aeronave 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Airbus A318                 5 8 14 15 15  15
Airbus A319               3 3 4 4 4 4  4
Airbus A320                 2 6 8 15 27  28
Airbus A320neo                           2
Airbus A330-200                       1 1 1
Boeing 737-300           1                
Boeing 757-200         1                  
Boeing 767-300         2 1                
EMB-120 7 7 7 6 6 6                
Fokker 50 2 3 3 3 3 3                
Fokker 100     2 10 14 16 14 14 14 14 14 13    
TOTAL 9 10 12 19 26 27 14 17 24 32 40 48 47 50

 

> Histórico da Frota:

Airbus A330-200
2017-hoje

Em 2017 a Avianca Brasil finalmente decidiu tirar da gaveta o plano anunciado de lançar voos para os EUA com aeronaves Airbus A330-200. Quatro A330 já estavam disponíveis para a companhia desde meados de 2015 e ficaram estocados esperando alguma a decisão da empresa. O primeiro A330-200 chegou no Brasil em março de 2017 e começou a operar em abril na rota São Paulo - Fortaleza. Outras duas unidades deverão chegar nas próximas semanas e irão operar nas rotas São Paulo - Miami e São Paulo - Santiago.

Os assentos da Classe Executiva estão dispostos na configuração 1-2-1, com divisórias, reclinação de 180º, controle remoto, iluminação auxiliar, tomadas, conexão USB, porta-objetos e descanso ajustável para a cabeça. Os passageiros também contarão com sistema de entretenimento on-demand, com ampla variedade de filmes, séries e jogos, em telas touchscreen de 15 polegadas e um kit de amenidades. Já a Classe Econômica está configurada com assentos em 2-4-2, telas individuais touchscreen de 9 polegadas, controle remoto, tomada, entrada USB e descanso ajustável para a cabeça e para os pés. Os A330 também virão equipados com iluminação LED e Avianca pretende equipar as aeronaves com wi-fi.

Comprimento: 59,00 m
Envergadura: 60,30 m
Altura: 16,83 m

Motores: 2x
RR TRENT 772B
Velocidade de Cruzeiro:
920 km/h
Peso máximo de decolagem: 238 toneladas
Alcance: 13450 km
Altitude de Cruzeiro: 41 mil pés
Configuração Interna: 238 passageiros (
32 assentos na Classe Executiva e 206 na Classe Econômica)
Tripulação: 13


 

Matricula

Modelo

Data de Construção

Origem

Status

PR-OCG

A330-243

06/2014

Airbus

Ativo

PR-OCK

A330-243

06/2014

Airbus

Ativo

PR-OCX

A330-243

12/2015

Airbus

Ativo

 

Airbus A320neo
2016-hoje

A Avianca Brasil foi a segunda companhia aérea na América do Sul a receber o A320neo e a primeira das Américas a operá-lo com motores LEAP-1A CFM International. A aeronave promete uma economia de combustível de cerca de 15% em comparação com o modelo anterior. A Avianca Brasil selecionou o A320neo como o substituto de todos os modelos atuais da frota e pretende operá-lo até mesmo na Ponte Aérea Rio - SP.

Comprimento: 37,57 m
Envergadura: 35,80 m
Altura: 12,88 m
Motores: 2x CFM LEAP 1A2

Velocidade de Cruzeiro:
875 km/h
Peso máximo de decolagem: 79 toneladas
Alcance: 7.850 km
Altitude de Cruzeiro: 39 mil pés (11887 metros)
Configuração Interna: 165 passageiros (apenas classe econômica)
Tripulação: 6

 

Matricula

Modelo

Data de Construção

Origem

Status

PR-OBD

A320-251N

31/08/2016

Airbus

Ativo

PR-OBF

A320-251N

23/11/2016

Airbus

Ativo

PR-OBH

A320-251N

03/2017

Airbus

Ativo

PR-OBI

A320-251N

04/2017

Airbus

Ativo

 

Airbus A330-200F
2014-hoje

Em 2014 a Avianca Brasil recebeu o seu primeiro Airbus A330-200F e passou a ser a primeira companhia operar a versão cargueira do A330 no Brasil. Essa foi também a primeira aeronave da Avianca Brasil a apresentar as novas cores da companhia.

Comprimento: 59,00 m
Envergadura: 60,30 m
Altura: 16,83 m
Motores: 2xRolls Royce Trent 700

Velocidade de Cruzeiro:
870 km/h
Capacidade de carga: 68 toneladas

 

Matricula

Modelo

Data de Construção

Origem

Status

PR-ONV

A330-243F

Abril de 2014

Airbus

Ativo

 

Airbus A320
2011-hoje

Em outubro de 2011 o presidente da Avianca Brasil anunciou a vinda de quatro A320 para a companhia. As aeronaves já faziam parte da encomenda do Grupo Avianca, que inclui aeronaves da Família A320 e A330-200. Na Avianca Brasil os A320 complementam os A318 e A319 nas rotas de maior demanda. Assim como os A319, os A320 possuem sistema de entretenimento individual e maior espaço entre as fileiras, tornando o A320 mais confortável em operação na América do Sul. Em setembro de 2013 a Avianca recebeu o seu primeiro A320 equipado com Sharklet nas pontas das asas, que reduzem o consumo de combustível.

Comprimento: 37,57 m
Envergadura: 33,91 m
Altura: 11,76 m

Motores:
2x CFM 56-5B4
Velocidade de Cruzeiro:
875 km/h
Peso máximo de decolagem: 77000 LB
Alcance: 6110 km
Altitude de Cruzeiro: 39 mil pés
(11887 metros)
Configuração Interna: 162 passageiros (apenas classe econômica)
Tripulação: 6


 

Matricula

Modelo

Data de Construção

Origem

Status

OBS
PR-AVP A320-214 20 de outubro de 2011 Airbus ativo  
PR-AVQ A320-214 9 de novembro de 2011 Airbus ativo  
PR-AVR A320-214 25 de novembro 2011 Airbus ativo  
PR-AVU A320-214 1 de dezembro de 2011 Airbus ativo  
PR-OBB A320-214W 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCA A320-214W Maio de 2014 Airbus ativo com sharklet
PR-OCH A320-214W Março de 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCI A320-214W Março de 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCM A320-214W Maio de 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCN A320-214W Maio de 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCO A320-214W Maio de 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCP A320-214W Junho de 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCQ A320-214W Julho de 2015 Airbus ativo com sharklet, Star Alliance
PR-OCR A320-214W Julho de 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCT A320-214W 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCW A320-214W 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCV A320-214W 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-OCY A320-214W 2015 Airbus ativo com sharklet
PR-ONB A320-214W 23 de maio de 2014 Airbus ativo com sharklet
PR-OND A320-214W 18 de junho de 2014 Airbus ativo com sharklet
PR-ONK A320-214 7 de setembro de 2012 Airbus ativo  
PR-ONL A320-214 5 de outubro de 2012 Airbus ativo  
PR-ONS A320-214W Setembro de 2013 Airbus ativo com sharklet
PR-ONT A320-214W Novembro de 2013 Airbus ativo com sharklet
PR-ONW A320-214W Abril de 2014 Airbus ativo com sharklet
PR-ONX A320-214W Abril de 2014 Airbus ativo com sharklet
PR-ONY A320-214W Abril de 2014 Airbus ativo com sharklet
PR-ONZ A320-214W Abril de 2014 Airbus ativo com sharklet

 

Airbus A318
2011-hoje

Quando a Lan anunciou que iria se desfazer dos seus A318 e a Mexicana encerrou as atividades, o grupo Avianca aproveitou a oportunidade para renovar e ampliar a frota com os A318, a menor aeronave comercial produzida pela Airbus. A Avianca Brasil recebeu o seu primeiro A318 em abril de 2011. Diferentemente dos A319 e A320, que operam na companhia, os A318 não tem entretenimento individual, mas telas a cada três fileiras como os Airbus que operam na Tam.
Os A318 deveriam substituir os Fokker F-100, mas com o rápido crescimento da companhia, eles ampliaram a frota e os F-100 deverão ser substituídos pelos A320.

 

Comprimento: 31,45 m
Envergadura: 34,00 m
Altura: 12,80 m
Motores: 2x PW6124A
Velocidade de Cruzeiro: 875 km/h
Peso máximo de decolagem: 68 toneladas
Alcance: 5800 km
Altitude de Cruzeiro: 39 mil pés (11887 metros)
Configuração Interna: 120 passageiros (somente classe econômica)
Tripulação: 4


 

Matricula

Modelo

Data de Construção

Origem

Status

PR-AVH

A318‑121

14/02/07

LAN

fora de operação

PR-AVJ

A318‑121

11/08/07

LAN Ativo

PR-AVK

A318‑121

09/10/07

LAN fora de operação

PR-AVL

A318‑121

01/12/07

LAN Ativo

PR-AVO

A318‑121

13/12/07

LAN fora de operação

PR-ONC

A318‑121

17/01/08

LAN Ativo

PR-OND

A318‑121

29/02/08

LAN fora de operação

PR-ONG

A318‑121

2008 LAN fora de operação

PR-ONH

A318‑121

2008 LAN Ativo

PR-ONI

A318‑121

2008 LAN Ativo

PR-ONM

A318‑121

2008 LAN fora de operação

PR-ONO

A318‑121

2008 LAN Ativo

PR-ONP

A318‑121

2008 LAN fora de operação

PR-ONQ

A318‑121

2008 LAN fora de operação

PR-ONR

A318‑121

2008 LAN fora de operação

 

Airbus A319
2010-hoje

 

O primeiro Airbus A319 chegou marcando uma nova era na história da companhia. No dia 26 de abril de 2010 a OceanAir passou a se chamar Avianca Brasil. Há mais de dois anos rolava o boato de que a OceanAir iria passar a se chamar Avianca, pois as duas companhias pertencem ao mesmo grupo (Synergy). A Avianca é a companhia aérea mais antiga da América Latina e a padronização do nome irá criar uma companhia mais forte. O primeiro indicio da troca do nome aconteceu quando um Fokker 100 da OceanAir apareceu com a cauda igual a da Avianca. Mas a confirmação veio quando chegou o primeiro Airbus A319 da empresa, já pintado nas cores da Avianca.
Nessa nova fase a companhia investiu no conforto a bordo. O A319 está configurado para 132 assentos (na Tam são 144 e a configuração padrão é 138), sendo a aeronave mais confortável no Brasil. Além do espaço, o A319 da Avianca também tem entrada para USB, telas individuais, porta casaco, apoio de cabeça ajustável, descanso de braço retrátil e uma tomada de 110 volts para cada fileira, que não precisam de adaptadores.

Comprimento: 33,84 m
Envergadura: 33,91 m
Altura: 11,80 m
Motores:
2x General Electric CFMI CFM 56,5137
Velocidade de Cruzeiro:
875 km/h
Peso máximo de decolagem: 75,5 toneladas
Alcance: 6850 km
Altitude de Cruzeiro: 39 mil pés
(11887 metros)
Configuração Interna: 132 passageiros (somente classe econômica)
Tripulação: 6

 

Matricula

Modelo

Data de Fabricação

Origem

Status

OBS

PR-AVB

A319-115

9 de março de 2010 Airbus

ativo

Star Alliance

PR-AVC

A319-115

21 de abril de 2010 Airbus

ativo

 

PR-AVD

A319-115

7 de junho de 2010 Airbus

ativo

 

PR-ONJ

A319-115

14 de junho de 2012 Airbus

ativo

 

 

Fokker F-100 (MK 28)
2005-2015

 

Em 2005 a OceanAir começou a receber os seus primeiros jatos. Eram Fokker 100 (ex-American Airlines), mas companhia os batizou de "MK28" devido à má reputação que o Fokker 100 tem no Brasil, depois de vários acidentes com a Tam. O primeiro voo ocorreu dia 9 de janeiro de 2006 na rota São Paulo - Rio de Janeiro - Maceió - Fortaleza - Juazeiro do Norte. Com ele a companhia expandiu a sua malha, lançou sua nova pintura (igual a da Avianca) e mudou os seus planos. A empresa abandonou as rotas regionais e focou nas rotas para o público executivo. Para isso a OceanAir investiu na qualidade do serviço de bordo com aeromoças falando em francês e refeições quentes. A companhia chegou a operar com 16 MK28 simultaneamente. Mas a empresa sofreu com os prejuízos e a baixa ocupação dos voos internacionais e reformulou as rotas e a frota. A companhia encerrou os voos internacionais e reduziu a malha nacional, passando a operar somente com aeronaves MK-28. Somente em 2010 a companhia voltou a receber novas aeronaves. No dia 26 de abril de 2010 a OceanAir passou a se chamar Avianca Brasil e começou a padronizar a frota com aeronaves Airbus. Em 2012 a companhia começou a desativar os primeiros Fokker 100. Finalmente, no dia 24 de novembro de 2015 ocorreu o último voo do F-100 na Avianca Brasil, na rota Brasília - São Paulo. Inicialmente eles seria substituídos pelos A318, mas acabaram sendo pelos A320.

Comprimento: 25,25 m
Envergadura: 28,08 m
Altura: 8,50 m
Motores:
2x RollsRoyce RR TAY650
Velocidade de Cruzeiro:
821 km/h
Peso máximo de decolagem: 44,4 toneladas
Alcance: 3167 km
Altitude de Cruzeiro: 35 mil pés
(10668 metros)
Configuração Interna: 100 passageiros (somente classe econômica)
Tripulação: 5

 

Matricula

Modelo

Origem

Destino

OBS

PR-OAD

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2011

PR-OAE

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2011

PR-OAF

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2010

PR-OAG

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2010

PR-OAH

F28-0100 (F100)

American Airlines

Avianca

 

PR-OAI

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca

PR-OAJ

F28-0100 (F100)

American Airlines

Fokker

cores da Avianca em 2011

PR-OAK

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2010

PR-OAL

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2010

PR-OAM

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca

PR-OAQ

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2010

PR-OAR

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2010

PR-OAS

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2011

PR-OAT

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2010

PR-OAU

F28-0100 (F100)

American Airlines

desativado

cores da Avianca em 2011

PR-OAV

F28-0100 (F100)

American Airlines

Avianca

 

 

 

Boeing 737 / 757 / 767
2007-2008

 

Em agosto de 2007 a OceanAir anunciou a aquisição de um Boeing 757-200 e um 767-300. Foi o primeiro Boeing 757 com winglets do Brasil. Com o 767, a companhia iniciou voos internacionais para a Cidade do México.
Com a paralisação das operações da BRA, em novembro de 2007, a OceanAir assumiu os seus voos e incorporou mais dois Boeing 767-300 e três Boeing 737-300 (ex-BRA) na sua frota. Nesse momento a companhia estava no seu auge e era a terceira maior do país. A OceanAir chegou a anunciar voos para Luanda e Lagos, na África. Porém com as péssimas ocupações nos voos para o México (menos de 30%) e prejuízos, a companhia resolveu reestruturar a frota e as rotas. Sendo assim, a empresa devolveu todos os 737, 757 e 767, passando a operar somente com os Fokker 100.

Configurações utilizadas (737): 148 passageiros
Configurações utilizadas (757): 189 passageiros
Configurações utilizadas (767): 203 / 213 passageiros (duas classes) / 288 passageiros (uma classe)
 

Matricula

Modelo

Origem

Destino

OBS

PR-BRB

B737-3Q4

BRA

devolvido

 

PR-BRD

B737-3M8

BRA

AeroGal

 

PR-BRK

B737-3S3

BRA

AeroGal

 
PR-ONF B757-2K2 GECAS Avianca winglets
PR-BRW B767-33AER BRA GECAS  
PR-ONA B767-322ER Aircastle Aircastle  
PR-ONB B767-322ER BRA Avianca  

 

 

Fokker F-50
2003-2009

O Fokker 50 foi o segundo modelo operado pela OceanAir. Em 2003 ela recebeu os dois primeiros para complementar os EMB-120. Em 2004 ela recebeu o terceiro exemplar. Em 2005 a companhia começou a receber os Fokker 100 e anunciou a substituição dos EMB-120, porém disse que os F-50 continuariam na frota. No entanto a companhia acabou abandonando as rotas regionais e os Fokker 50 foram aposentados.

Comprimento: 25,25 m
Envergadura: 29,00 m
Altura: 8,32 m
Motores: 
2x Pratt & Whitney Canada PW125B
Velocidade de cruzeiro: 532
 km/h

Configurações utilizadas:
50 passageiros

 

Matricula

Modelo

Origem

Destino

Pintura

PR-OAA

F.27-050

GECAS

Mass Jet Lease

vermelho

PR-OAB

F.27-050

GECAS

Mass Jet Lease

amarelo

PR-OAC

F.27-050

GECAS

GECAS

rosa / novas cores

PR-OAW

F.27-050-300

Avianca

Avianca

novas cores

PR-OAX

F.27-050-300

Avianca

Avianca

novas cores

 

 

Embraer EMB-120
2003-2009

A OceanAir já existia desde 1998 com taxi-aéreo, mas só em 2002 iniciou operações como companhia aérea regional. As primeiras aeronaves foram três Embraer EMB-120 que eram da Rio Sul (subsidiária da Varig). A OceanAir começou a operar entre o Rio de Janeiro, Macaé e Campos.
Em 2003 a companhia passou a voar para 14 destinos, todos eles antes operados pela Rio Sul. Para isso ela recebeu mais cinco EMB-120 e novos Fokker 50.
A empresa foi crescendo e passou a disputar com as grandes (Tam, Gol e Varig) e com isso foi abandonando aos poucos as rotas regionais, pois estas tinham pouca rentabilidade. A partir de 2005 a companhia começou a receber os Fokker 100 e aposentar os EMB-120, que voaram até meados de 2007.

Comprimento: 20,07 m
Envergadura: 19,78 m
Altura: 6,35 m
Motores: 
2x Pratt & Whitney Canada PW118 turboprops
Velocidade de cruzeiro: 582
 km/h
Passageiros: 30

Matrícula: Modelo:
PR-OAN
EMB-120RT
PR-OAO
EMB-120RT
PR-OAP
EMB-120RT
PT-SLC
EMB-120RT
PT-SLD
EMB-120RT
PT-SLE
EMB-120RT
PT-SRF
EMB-120RT

 

 

Aviação Comercial