A empresa nasceu em 1999 com o conceito "low fare" (baixa tarifa). A sua primeira aeronave foi um Airbus A310-300, que era da Passaredo. A BRA (Brasil Rodo Aéreo) tinha o objetivo de competir com os ônibus interestaduais e inicialmente começou a fazer voos fretados. A empresa logo assinou um acordo com a Rotatur, a empresa de turismo do grupo Varig. Quando o A310 deixou a frota, a BRA passou a operar Boeings 737-300 da Varig, Rio Sul e Nordeste.
Em 2001 chegaram novamente aeronaves próprias, dois Boeing 737-300. O contrato com o grupo Varig foi desfeito em meados de 2005.
Em 20 de julho de 2002 a empresa recebeu um Boeing 737-400.
Em abril de 2004 a companhia recebeu um Boeing 767-300ER e passou a fazer voos fretados internacionais.
Em 2005 o DAC (Departamento de Aviação Civil) pediu para a BRA se tornar uma empresa regular. A frota da companhia já era composta de cinco 737-300, dois 737-400 e o 767 e ela transportava mais passageiros do que a Vasp (que estava quase falida).
Em agosto de 2005 a BRA recebeu autorização do DAC para operar voos regulares.
Em 2006 a companhia chegou a ser a quarta maior companhia aérea no mercado nacional, atrás apenas da Varig, Gol e Tam. A empresa também iniciou voos internacionais regulares para Lisboa e Madrid, com o Boeing 767-300.
Em abril de 2006 a empresa recebeu um Boeing 767-200 (ex-American), que passou a voar para Lisboa. O ano de 2006 foi o auge da companhia, ela chegou a ter mais de dez aeronaves e chegou a voar para mais de trinta cidades, inclusive Milão e Buenos Aires, regularmente.
No dia 17 de junho de 2007 a BRA iniciou um acordo de Code-Share com a OceanAir. Em 20 de junho a BRA Transportes Aéreos anunciou uma encomenda de vinte Embraer E-195. Porém a empresa não pagou as parcelas da encomenda e não recebeu nenhum deles. Uma briga entre seus sócios fez a empresa paralisar completamente as suas atividades em 7 de novembro de 2007.
Em 2008 a BRA entrou em recuperação judicial.
Em 2009 a companhia voltou a voar com uma nova identidade visual. A companhia voltou as origens e faz somente voos fretados como no inicio de sua história.

 

Evolução da empresa:

Logo antigo:

Pinturas:

 

Fundação: 1999
Encerrou atividades: 2007
Iniciou atividades: 1999/2009
Principais Aeroportos: Guarulhos
Sede: São Paulo
Código: B7 / BRB
Aeronaves já operadas: Airbus A310-300, Boeing 737-300, Boeing 737-400, Boeing 767-200, Boeing 767-300
Destinos regulares nacionais já servidos:
São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Recife, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Foz do Iguaçu, Ilhéus, Porto Seguro, Aracaju, Maceió, Petrolina, Natal, Juazeiro do Norte, Goiânia, Fortaleza, Mossoró, Recife, São Luis, Teresina, Belém, Manaus, Ribeirão Preto, Uberlândia, Bonito, Caldas Novas, Campo Grande, Paulo Afonso, Cuiabá, Vitória, Montes Claros, Vitória da Conquista, Cascavel, Chapecó
Destinos regulares internacionais já servidos:
Lisboa, Madrid, Milão, Buenos Aires

 

 

Atualizado em agosto de 2009

Aviação Comercial