English

Frota Latam Brasil (Tam) / Latam Airlines

> Frota Atual:

E
LATAM BRASIL (TAM)

Aeronave

Operando

Inativo/ Leased-out

Idade Média

Encomendas

Passageiros

Motores

Selo ANAC

Airbus A319 22 1 9 anos   144 IAE / CFM C
Airbus A320 64 12 11 anos   174 IAE / CFM C
Airbus A320neo   2 0 ano 20 174 PW C
Airbus A321 33   4 anos 3 220 IAE / CFM B
Airbus A330-200   5 12 anos   223 PW / GE A
Airbus A350-900 4 3 1 ano 20 348 RR A
Boeing 767-300ER 13 1 5 anos   221 GE A
Boeing 767-300ERF 4   11 anos   - GE / PW -
Boeing 777-300ER 10   6 anos   379 GE A
TOTAL: 150 24 7 anos 43 - - -
LATAM AIRLINES

Aeronave

Operando

Fora de Operação

Idade Média

Encomendas

Passageiros

Motores

Selo ANAC

Airbus A319 45 3 7 anos   144 IAE / CFM C
Airbus A320 138 12 6 anos 8 168 ou 174 IAE / CFM C
Airbus A320neo   2 0 ano 52 174 PW C
Airbus A321 41 2 2 anos 9 220 IAE / CFM B
Airbus A330-200   5 12 anos   223 PW / GE A
Airbus A350-900 4   0 ano 20 348 RR A
Boeing 767-300ER 36 2 7 anos   205, 214, 221 GE A
Boeing 767-300ERF 11   10 anos   - GE / PW -
Boeing 777-200ERF 4   5 anos   - GE -
Boeing 777-300ER 10   4 anos   379 GE A
Boeing 787-8 10   2 anos   247 RR A
Boeing 787-9 12   0 ano 1 313 RR A
TOTAL: 311 24 6 anos 90 - - -

(Atualizado em: maio de 2017)

> Frota Latam (ex-Grupo Lan)

 

> Frota/Ano:

E
Aeronave 1976 1977 1978 1979 1980 1981 1982 1983 1984 1985

TAM REGIONAL

Cessna 208

        3 3 3 4    

Embraer EMB-110

6 9 9 9 9 9 9 9 8 8

Fokker F27-200

            1 1 1 1

Fokker F27-500

              2 2 2
Fokker F27-600         1 3 3 3 3 3
TOTAL: 6 9 9 9 13 15 16 19 14 14

 

E

Aeronave

1986

1987

1988

1989

1990

1991

1992 1993 1994 1995 1996

TAM REGIONAL

EMB-110

8 7 7 7 7 5 5 4 4 1  

Fokker F27-200

1 1 1 1 1 1 1 1 1 1 1

Fokker F27-500

4 4 4 4 4 4 4 4 4 4 4
Fokker F27-600 3 3 3 3 3 3 3 3 2 2 2

Fokker F50

                  5 7

Fokker F100

        2 4 8 12 15

20

28
Airbus A319                      
TOTAL: 16 15 15 15 17 17 21 24 26 33 42

VOTEC / BR CENTRAL

Cessna 208

          13 21 27 27 27 37

EMB-110

7 9 9 8 8 8 6 6 1 1  

Fokker F27-200

2 2 2 2 1 1          

Fokker F27-600

1 1 1 1 1 1          

A330-200

                     
TOTAL: 10 12 12 11 10 23 27 33 28 28 37

GRUPO TAM

TOTAL

26 27 27 26 27 40 48 57 54 61 79

 

E

Aeronave

1997

1998

1999

2000

TAM REGIONAL

Airbus A319       6
Cessna 208       35

Fokker F27

5 5 5  
Fokker F50 9 9 9 7

Fokker F100

24 33 33 39
TOTAL: 38 47 47 87

TAM MERIDIONAL

Airbus A319

      6

Airbus A320

      6

Airbus A330-200

  2 2 5

Cessna 208

37      

Fokker 100

6 6 6 12
TOTAL: 43 8 8 29

TAM EXPRESS

Cessna 208

 

35

35

 

GRUPO TAM

TOTAL

81

90

90

116

 

E

Aeronave

2001

2002

2003

2004

2005

2006

2007

2008

2009

2010 2011 2012 2013 2014 2015

TAM Linhas Aéreas (+ Pantanal 2010-2013)

ATR-42-300

                  5          

A319

7

11

13

13

13

14

15

20

21

28 30 31 29 26 26

A320

21

30

31

31

36

51

70

81

81

87 86 93 98 90 86

A321

           

3

3

5

7 9 9 10 19 27

A330-200

6

4

4

6

7

10

12

15

16

18 20 20 20 13 10

A340-500

           

2

2

2

2 2 2      

A350-900

                            1

B767-300

             

3

3

3 3 3 13 16 18

B777-300ER

             

3

4

4 4 8 10 10 10

Fokker F100

50

48

38

29

25

21

10

               

MD-11

           

3

               

TOTAL

84

93

86

79

82

97

116

127

132

154 154 166 180 174 178

 

E

Aeronave

2016

2017

2018

2019

2020

2021

2022

2023

2024

2025

LATAM Airlines Brasil

Airbus A319

23

                 

Airbus A320

80

                 

Airbus A320neo

1

                 

Airbus A321

31                  

A350-900

6                  

B767-300

18                  

B777-300ER

10                  

TOTAL

169

                 

 

 

> Histórico da Frota:

Airbus A320neo
2016 - Hoje

No dia 30 de agosto de 2016 a Latam se tornou a primeira companhia das Américas e a quinta no mundo a operar o Airbus A320neo. A primeira empresa do grupo a operar o modelo foi a Latam Brasil. A aeronave inicialmente irá operar em rotas domésticas no Brasil, para cidades como Brasília, Belo Horizonte, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. A partir de novembro deverá começar a voar em rotas na América do Sul.
O A320neo é a versão remotorizada do A320, além de incluir outras melhorias que geram uma economia de combustível de até 20%, redução de emissões de gases e ruídos, custos operacionais mais baixos e maior capacidade de carga. Para os passageiros o A320neo oferece uma cabine mais silenciosa, mais espaço para as bagagens de mão, iluminação LED e novo sistema de purificação do ar.

 

Comprimento: 37,57 m
Envergadura: 34,10 m
Altura: 11,76 m
Motores: 2x Pratt & Whitney Pure Power PW1100-JM
Velocidade de Cruzeiro:
850 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 79-67 toneladas
Altitude de Cruzeiro: 39 mil pés

Configuração Interna: 174 passageiros (somente classe econômica)

 

Prefixo Modelo Origem Data de Fabricação Destino OBS

PT-TMM

A320-271N

Airbus novermbro de 2016

fora de operação

 

PT-TMN

A320-271N

Airbus 29 de julho de 2016

fora de operação

 

           
           

 

Airbus A350-900
2015 - Hoje

No dia 18 de dezembro de 2015 a Tam se tornou a primeira companhia aérea das Américas e a quarta no mundo a operar o mais novo modelo da Airbus, o A350-900. Em 2007 a Tam foi a primeira companhia aérea da América Latina a encomendar o A350XWB para substituir os A330. Em 2012 a companhia se fundiu com a Lan, formando a Latam airlines. A Lan havia encomendado o Boeing 787 e em pouco tempo a maior parte dos A330 da Tam já tinham sido substituídos por Boeing 767, porém a encomenda de 27 A350 foi mantida. A partir da quarta unidade, o A350 veio configurado com a classe Premium Economy, além da Premium Business e classe econômica. O primeiro voo comercial ocorreu em janeiro de 2016, na rota São Paulo - Manaus. Em março, o A350 começou a operar na rota São Paulo - Miami e, em abril, entre São Paulo e Madri.
O Airbus A350-900 trás várias inovações para as companhias aéreas e para os passageiros. A aeronave é feita com materiais compostos, que são mais leves, além de fibra de carbono. As asas combinam melhorias aerodinâmicas com sistemas inteligentes que as adaptam para a eficiência aerodinâmica máxima nas várias fases do voo. Os motores Rolls Royce de última geração, geram menos emissão CO² e menos ruído, além de serem 25% mais econômico no gasto de combustível, se comparado com aeronaves do mesmo porte. Para os passageiros o A350 oferece uma cabine extralarga e mais silenciosa, janelas maiores, iluminação LED inovadora e um novo sistema de ar condicionado.

Comprimento: 66,89 m
Envergadura: 64,75 m
Altura: 17,10 m
Motores: 2x Rolls Royce Trent XWB

Velocidade de cruzeiro:
902 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 268-205 toneladas
Altitude de cruzeiro: 43 mil pés
(13 mil metros)
Configuração interna: 348 (30 na classe executiva + 318 na classe econômica)

Atual

Classe Executiva

Classe Econômica

 

Prefixo

Modelo

Data de Fabricação

Origem

Status

PR-XTA

A350-941

dezembro de 2015 Airbus

ativo

PR-XTB A350-941 março de 2016 Airbus  ativo
PR-XTC A350-941 maio de 2016 Airbus  ativo
PR-XTD A350-941 agosto de 2016 Airbus  leased-out para Qatar Airways
PR-XTE A350-941 setembro de 2016 Airbus ativo
PR-XTF A350-941 outubro de 2016 Airbus leased-out para Qatar Airways
PR-XTG A350-941 dezembro de 2016 Airbus leased-out para Qatar Airways

 

Boeing 777-300ER
2008 - Hoje

Em 2007 a Tam surpreendeu encomendando pela primeira vez uma aeronave da Boeing. Com a crise da Varig, a Tam já estudava adicionar na sua frota uma aeronave maior que o A330. Ela cogitava o A340 ou o B777. Com o A340 a frota ficaria padronizada somente com aeronaves Airbus, o que diminuiria os custos. Mas, segundo a Tam, o B777 é mais eficiente do que o A340 e essa seria a melhor aeronave para a companhia. Além disso a Boeing ofereceu três MD-11 (ex-Varig) com um preço de leasing "ridículo" para a Tam, enquanto os primeiros 777 não chegavam.
A Tam escolheu uma configuração bem densa para o seu 777 tornando-o menos confortável do que os seus A330, o que gerou muitas reclamações. E principalmente sobre a primeira classe, onde os clientes acusavam a companhia de vender bilhete de primeira classe e oferecer assentos de executiva. A Tam parou de vender bilhetes de primeira classe no 777 e após uma reconfiguração neles, voltou a vender.
Em 2012 a Tam recebeu mais quatro B777 e eles inauguraram um novo interior na primeira classe e classe econômica, além da implementação do "Espaço +" onde as poltronas têm mais espaço entre as fileiras.
Em 2013 a companhia recebeu mais duas unidades, as últimas. Após a fusão com a Lan, o grupo começou a repensar e padronizar a frota e os B777 serão substituídos pelos A350. As últimas duas unidades da encomenda foram convertidas para a versão cargueira.
Em 2014 a Tam anunciou o fim da primeira classe e todos os B777 foram reconfigurados com uma nova classe executiva e classe econômica.

Comprimento: 73,90 m
Envergadura: 60,90 m
Altura: 18,50 m
Motores: 2x
General Electric GE90-115B
Velocidade de cruzeiro:
896 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 347,8-251,2 toneladas
Altitude de cruzeiro: 43,1 mil pés
(13136 metros)
Configuração interna: 379 (56 na classe executiva + 323 na classe econômica)
Configurações utilizadas: 368 ou 365 (duas classes) / 362 passageiros (4+56+ 302) ou 363 (4+45+314)

Atual

Anterior


Primeira Classe

Classe Executiva (atual)

Classe Executiva (anterior)

Classe Econômica
 
 

Prefixo

Modelo

Data de Fabricação

Origem

Status

PT-MUA

B777-32WER

maio de 2008  Boeing

ativo

PT-MUB

B777-32WER

junho de 2008  Boeing

ativo

PT-MUC

B777-32WER

julho de 2008

Boeing

ativo

PT-MUD

B777-32WER

novembro de 2008

Boeing

ativo

PT-MUE

B777-32WER

julho de 2012

Boeing

ativo

PT-MUF

B777-32WER

agosto de 2012

Boeing

ativo

PT-MUG

B777-32WER

setembro de 2012

Boeing

ativo

PT-MUH

B777-32WER

novembro de 2012

Boeing

ativo

PT-MUI

 B777-32WER julho de 2013  Boeing  ativo

PT-MUJ

 B777-32WER julho de 2013  Boeing  ativo

 

Boeing 767-300ER
2008 - Hoje

Com a crise da Varig, a Tam aproveitou para fazer uma grande expansão na malha internacional. Com a inauguração de tantos voos novos, faltou aeronave...
A Tam então pegou três Boeings 767-300ER para "tapar o buraco". Os B767 se mostraram aeronaves ideais para voos de menor demanda como Belo Horizonte - Miami. Após a fusão com a Lan, em 2012, o Boeing 767 foi escolhido como substituto do Airbus A330 até a chegada dos Airbus A350-900. Sendo assim, em 2013, a Tam começou a receber novos 767 ex-Lan equipados com winglets.
Depois da fusão com a Lan, a Tam passou a operar aeronaves exclusivamente cargueiras Boeing 767-300ERF. Anteriormente essas aeronaves eram operadas pela Absa Cargo, que passou a ser parte da Tam Cargo após a fusão.

Comprimento: 54,90 m
Envergadura: 46,57 m
Altura: 15,85 m
Motores: 2x
General Electric GE CF6-80C2B6F
Velocidade de cruzeiro:
870 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 186-145 toneladas
Altitude de cruzeiro: 43,1 mil pés
(13136 metros)
Configuração atual: 221 passageiros (30 na classe executiva + 191 na classe econômica)
Configurações utilizadas: 205 passageiros (30 na classe executiva + 175 na classe econômica)


(Configuração antiga)

Classe Econômica

Classe Executiva

 

 Prefixo Modelo Data de Fabricação Origem Status OBS
PR-ABB B767-316ERF 2012 Lan

ativo

com Winglets
PR-ACG B767-316ERF 2010 Lan

ativo

com Winglets
PR-ACO B767-316ERF   Lan

devolvido

com Winglets
PR-ABD B767-316ERF 2005 Lan

ativo

com Winglets
PR-ADY B767-316ERF 2012 Lan

ativo

com Winglets

PT-MOA

B767-316ER

2012 Lan

ativo

com Winglets

PT-MOB

B767-316ER

2012 Lan

ativo

com Winglets

PT-MOC

B767-316ER

julho de 2012 Lan

ativo

com Winglets

PT-MOE

B767-316ER

maio de 2013 Lan

ativo

com Winglets

PT-MOF

B767-316ER

junho de 2013 Lan

ativo

com Winglets

PT-MOG

B767-316ER

abril de 1998 Lan

ativo

com Winglets

PT-MOH

B767-316ER

dezembro de 1997 Lan

fora de operação

com Winglets

PT-MSO

B767-316ER

julho de 2012 Lan

ativo

com Winglets

PT-MSQ

B767-33AER

1995

Alitalia

BOA

 

PT-MSR

B767-33AER

1994

Alitalia

devolvido

 

PT-MSS

B767-3S1ER

1991

Air Madagascar

devolvido

 

PT-MSS

B767-316ER

agosto de 2012 Lan

ativo

com Winglets

PT-MSU

B767-33AER

1994

Alitalia

devolvido

 

PT-MSV

B767-316ER

setembro de 2012 Lan ativo com Winglets

PT-MSW

B767-316ER

novembro de 2012 Lan ativo com Winglets

PT-MSX

B767-316ER

novembro de 2012 Lan

ativo

com Winglets

PT-MSY

B767-316ER

dezembro de 2012 Lan

ativo

com Winglets

PT-MSZ

B767-316ER

2013 Lan

ativo

com Winglets

 

Airbus A340-500
2007 - 2011

Vendo a sua maior cliente na América Latina comprando aeronaves da Boeing, a Airbus ficou muito preocupa. Em 2007 ofereceu dois A340-500 (ex-Air Canada) com um preço de leasing excelente e a Tam obviamente aceitou.
Em agosto de 2011 a Tam anunciou a aposentadoria dos dois A340. Eles foram trocados pelo A330, que é mais econômico e eficiente para a rota SP-Milão, que era operada pelos A340.

 

Comprimento: 70,93 m
Envergadura: 63,45 m
Altura: 17,80 m
Motores: 4
x Rolls Royce TRENT553-61
Velocidade de Cruzeiro:
890 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 372-243 toneladas
Altitude de Cruzeiro: 41 mil pés
(12496 metros)
Configuração Interna: 267 passageiros (
42 na classe executiva + 225 na classe econômica)



 

Prefixo Modelo Data de Fabricação Origem Status

PT-MSL

A340-541

2003

Air Canada

devolvido

PT-MSN

A340-541

2003

Air Canada

devolvido

 

McDonnell Douglas MD-11
2007 - 2008

Com o fim da Varig, a Tam iniciou uma grande expansão no mercado internacional e encomendou quatro novos Boeing 777-300ER. Porém a companhia precisava de aeronaves 'agora" e não queria esperar até as novas aeronaves estivessem prontas. Como parte do acordo de compra dos Boeings, a própria Boeing ofereceu três MD-11 (ex-Varig), enquanto os primeiros 777 não chegavam, o que fez com que a Tam descartasse de vez a possibilidade de trocar o 777 pelo A340. Com um preço baixíssimo pelo aluguel, a Tam lucrou bastante com os MD-11, apesar serem aeronaves antigas. Em 2008 eles foram substituídos pelo Boeing 777-300ER.

 

Comprimento: 61,20 m
Envergadura: 57,70 m
Altura: 17,60 m
Motores:
3x General Electric GE CF6-80C2D1F
Velocidade de cruzeiro:
890 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 280,3-199,5 toneladas
Altitude de cruzeiro: 43 mil pés
(13106 metros)
Configuração interna: 285, 289, 294 passageiros (três classes)
 

Prefixo Modelo Origem Destino

PT-MSH

MD-11ER

ex PP-VQJ  Varig

Boeing

PT-MSI

MD-11ER

ex PP-VQK  Varig

Boeing

PT-MSJ

MD-11P

ex PP-VQX Varig

Boeing

 

Airbus A321
2007 - Hoje

Em 2007 os boatos de a Tam também tinha encomendado A321, além dos A320, se confirmaram com a chega do primeiro modelo. Para a Tam o A321 é uma grande vantagem em rotas de grande demanda, pois na configuração escolhida pela Tam ele transporta nada menos que 220 passageiros! Mais do que o A330, bem maior do que ele. Essa grande quantidade deve-se ao fato da aeronave só ter classe econômica e os assentos escolhidos pela Tam serem super finos, aumentando a quantidade de fileiras e diminuindo o peso da aeronave.
Em março de 2014 a companhia recebeu as duas primeiras unidades equipadas com Sharklet. Também a partir de 2014 as entregas do modelo A321 para a Tam começou a acelerar. A intenção da companhia é substituir grande parte dos A320 por A321, aumentando a oferta de assentos e diminuindo os custos, já que o custo por assento do A321 é menor.

Comprimento: 44,51 m
Envergadura: 34,10 m
Altura: 11,81 m
Motores:
2x International Aero Engine IAE V2533-A5
Velocidade de cruzeiro:
850 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 89-77,8 toneladas
Altitude de cruzeiro: 39,8 mil pés
(12131 metros)
Configuração interna: 220 passageiros (somente classe econômica)



 

Prefixo Modelo Data de Entrega Origem Destino OBS

PT-MXA

A321-231

agosto de 2007 Airbus

ativo

 

PT-MXB

A321-231

setembro de 2007 Airbus

ativo

 

PT-MXC

A321-231

novembro de 2007 Airbus

ativo

 

PT-MXD

A321-231

janeiro de 2009 Airbus

ativo

 

PT-MXE

A321-231

fevereiro de 2009 Airbus

ativo

 

PT-MXF

A321-231

julho de 2010 Airbus

ativo

 

PT-MXG

A321-231

julho de 2010 Airbus

ativo

 

PT-MXH

A321-231

fevereiro de 2011 Airbus ativo  

PT-MXI

A321-231

abril de 2011 Airbus ativo  

PT-MXJ

A321-231

março de 2013 Airbus ativo  

PT-MXL

A321-231W

janeiro de 2014 Airbus ativo com Sharklet

PT-MXM

A321-231W

fevereiro de 2014 Airbus ativo com Sharklet

PT-MXN

A321-231W

maio de 2014 Airbus ativo com Sharklet

PT-MXO

A321-231W

maio de 2014 Airbus ativo com Sharklet

PT-MXP

A321-231W

junho de 2014 Airbus ativo com Sharklet

PT-MXQ

A321-231W

junho de 2014 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPA

A321-211W

dezembro de 2014 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPB

A321-211W

dezembro de 2014 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPC

A321-211W

maio de 2015 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPD

A321-211W

maio de 2015 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPE

A321-211W

2015 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPF

A321-211W

2015 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPG

A321-211W

2015 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPH

A321-211W

2015 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPI

A321-211W

2015 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPJ

A321-211W

2015 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPL

A321-211W

2015 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPM

A321-211W

2016 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPN

A321-211W

2016 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPO

A321-211W

2016 Airbus ativo com Sharklet

PT-XPQ

A321-211W

2016 Airbus ativo com Sharklet

 

Airbus A330-200
1998 - 2016

Em 1997 a Tam deu um grande passo ao encomendar os novos A330-200. A Tam foi uma das primeira companhias no mundo a receber e operar essa aeronave. Ela foi a escolhida para ser a aeronave de voos intercontinentais da companhia. O primeiro voo foi para Miami e depois para Paris. A aeronave também marcou a volta da Airbus no Brasil, que tinha apenas aparecido com o A300 na Varig-Cruzeiro e a Vasp, cerca de vinte anos atrás. A partir dai a Tam passou a ser fiel à Airbus e a encomendar exclusivamente aeronaves da fabricante européia.
O A330 também trouxe novidades no mercado brasileiro, sendo a primeira aeronave a oferecer telas individuais na classe econômica. Além disso a Tam optou por uma configuração super confortável e foi a primeira companhia brasileira e uma das primeiras no mundo a oferecer uma reclinação de 180 graus nos assentos da classe executiva. Em 2007 a empresa surpreendeu todos com a encomenda dos Boeings 777, pela primeira vez optando por uma aeronave da Boeing ao invés da Airbus.
Em 2012, após a fusão com a Lan, foi iniciada a aceleração da aposentadoria dos A330, substituídos pelos Boeing 767. Em 2015 as rotas regulares do A330 firam restritas ao México, Montevidéu e Assunção. O último voo regular foi realizado pela aeronave prefixo PT-MVQ, partindo da Cidade do México e chegando em São Paulo no dia 4 de abril de 2016.

Comprimento: 59,00 m
Envergadura: 60,30 m
Altura: 16,83 m
Motores:
2x Pratt & Whitney PW4168A ou General Electric GE CF6-80E1A3
Velocidade de cruzeiro:
870 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 230-180 toneladas
Altitude de cruzeiro: 41 mil pés
(12496 metros)
Configuração interna: 223 passageiros (4 assentos na primeira classe, 36 na classe executiva e 183 assentos de classe econômica)
Configurações utilizadas: 208, 212, 213, 225, 228 (três e duas classes)


Primeira Classe

Classe Executiva
(atual) (antiga)

Classe Econômica

 

Prefixo Modelo Origem Data de Fabricação Destino OBS

PT-MSD

A330-243

Gulf Air

abril de 2000

Gulf Air

 

PT-MSE

A330-243

Gulf Air

junho de 1999

Gulf Air

 

PT-MSG

A330-243

encomenda cancelada

PT-MVA

A330-223

Airbus outubro de 1998

desativado

 

PT-MVB

A330-223

Airbus outubro de 1998

desativado

 

PT-MVC

A330-223

Airbus dezembro de 1998

desativado

 

PT-MVD

A330-223

Airbus fevereiro de 1999

desativado

 

PT-MVE

A330-223

Airbus outubro de 2000

desativado

 

PT-MVF

A330-203

Airbus março de 2002

desativado

 

PT-MVG

A330-203

Airbus abril de 2002

desativado

assinado pelos funcionários

PT-MVH

A330-203

Airbus abril de 2002

Tap

 

PT-MVK

A330-203

Airbus junho de 2002

Tap

 

PT-MVL

A330-203

Airbus outubro de 2005

desativado

 

PT-MVM

A330-223

Airbus outubro de 2007

Turkish Airlines

cores da Star Alliance

PT-MVN

A330-223

Airbus outubro de 2007

devolvido

pintura copa do mundo

PT-MVO

A330-223

Airbus agosto de 2008

Turkish Airlines

 

PT-MVP

A330-223

Airbus outubro de 2008

Turkish Airlines

pintura copa do mundo

PT-MVQ

A330-223

Airbus outubro de 2008 desativado

 

PT-MVR

A330-223

Airbus dezembro de 2008

Turkish Airlines

 

PT-MVS

A330-223

Airbus março de 2010

desativado

 

PT-MVT

A330-223

Airbus abril de 2010

Turkish Airlines

 

PT-MVU

A330-223

Airbus

março de 2011

Turkish Airlines

 

PT-MVV

A330-223

Airbus

abril de 2011

Turkish Airlines

 

 

Airbus A320
1999 - Hoje

Logo depois da chegada dos primeiros A319 na Tam, em 1999, vieram os A320. A Tam os colocou para as rotas de maior demanda e para as rotas internacionais para Buenos Aires. Naquela época todos os A319 e A320 possuíam classe economia e executiva. A grande novidade para os passageiros eram as telas no teto a cada três poltronas, que mostravam vídeos e informações sobre o voo.
Com a chegada da Gol, os A320 e A319 foram re-configurados, ganhando mais assentos para que a Tam se tornasse mais competitiva. Hoje o A320 é a aeronave que a Tam tem em mais quantidade na sua frota e apenas os Airbus 320 que fazem voos internacionais têm duas classes. Em maio de 2013 a Tam recebeu o primeiro A320 equipado com Sharklet, que reduz o consumo de combustível.

Comprimento: 37,57 m
Envergadura: 33,91 m
Altura: 11,76 m
Motores: 2x International Aero Engine IAE V2500-A1 - 25000lb ou International Aero Engine IAE V2527-A5 - 27000lb ou General Electric GE CFM56-5B4 - 27000lb
Velocidade de Cruzeiro:
850 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 70-64,5 toneladas
Altitude de Cruzeiro: 39 pés
(11887 metros)
Configuração Interna: 174 passageiros (somente classe econômica) ou 156 passageiros (12 assentos de classe executiva e 144 assentos de classe econômica)
Configurações utilizadas: 150 (duas classes), 156 (duas classes), 162 (uma classe), 168 (uma classe), 174 (uma classe)


Click to view large version! ©Antônio Carlos de Souza Lima Junior

 

Prefixo Modelo Origem Data de Fabricação Destino OBS

PR-MAA

A320-232

Airbus 2001

ativo

 

PR-MAB

A320-232

Airbus 2001

British Airways

 

PR-MAC

A320-232

Airbus 2001

British Airways

 

PR-MAD

A320-232

Airbus 2002

British Airways

 

PR-MAE

A320-232

Airbus 2002

British Airways

 

PR-MAF

A320-231

SAA

1991

Air Moldova

 

PR-MAG

A320-232

Airbus 2002

ativo

 

PR-MAJ

A320-232

Airbus 2002

devolvido

 

PR-MAK

A320-232

Airbus 2002

ativo

 

PR-MAP

A320-232

Airbus 2002

ativo

pintura especial da copa

PR-MAR

A320-232

Airbus 2002

fora de operação

 

PR-MAS

A320-232

Airbus 2005

Nordavia Regional Airlines

pintura Cirque du Soleil

PR-MAV

A320-232

Airbus 2005

Nordavia Regional Airlines

 

PR-MAW

A320-232

Airbus 2005

Air Moldova

 

PR-MAX

A320-232

Airbus 2005

Bangkok Airways

 

PR-MAY

A320-232

Airbus 2006

ativo

 

PR-MAZ

A320-232

Airbus 2005

ativo

 

PR-MBA

A320-233

Airbus 2006

ativo

 

PR-MBB

A320-232

Airbus 2006

ativo

 

PR-MBC

A320-232

Airbus 2006

Bangkok Airways

 

PR-MBD

A320-232

Airbus 2006

ativo

 

PR-MBE

A320-232

Airbus 2006

ativo

 

PR-MBF

A320-232

Airbus 2006

ativo

 

PR-MBG

A320-232

Niki

2001

ativo

 

PR-MBH

A320-232

Airbus

2006

ativo

 

PR-MBJ

A320-232

Freedom Air Int'l

2005

Air New Zealand

 

PR-MBK

A320-233

Pegasus Avn

1998

destruído

acidente em Congonhas

PR-MBL

A320-233

TAME

2003

ativo

 

PR-MBM

A320-233

TACA

2000

TAME

 

PR-MBO

A320-232

Airbus

2007

ativo

pintura Star Alliance

PR-MBP

A320-232

GB AW

2000

ativo

 

PR-MBQ

A320-232

JetBlue

2001

ativo

 

PR-MBR

A320-232

JetBlue

2002

ativo

 

PR-MBS

A320-232

JetBlue

2002

ativo

 

PR-MBT

A320-233

TAME

2003

ativo

 

PR-MBX

A320-232

JetBlue 2001

ativo

 

PR-MBY

A320-232

JetBlue 2002

ativo

 

PR-MBZ

A320-232

JetBlue 2002

ativo

 

PR-MHA

A320-214

Airbus

2006

ativo

 

PR-MHB

A320-214

XL Germany

2001

ativo

 

PR-MHC

A320-214

LTE Airways

2002

Air Berlin

 

PR-MHE

A320-214

Airbus

2007

SalamAir

 

PR-MHD

A320-214

LTE Airways

2002

Air Berlin

 

PR-MHF

A320-214

Airbus

2007

ativo

 

PR-MHG

A320-214

Airbus

2007

ativo

 

PR-MHH

A320-214

Virgin America

2006

devolvido

 

PR-MHI

A320-214

Airbus 2007

SalamAir

 

PR-MHJ

A320-214

Airbus 2007

SalamAir

 

PR-MHK

A320-214

Airbus 2007

ativo

 

PR-MHL

A320-214

Virgin America

2007

devolvido

 

PR-MHM

A320-214

Airbus 2007

ativo

 

PR-MHN

A320-214

Airbus 2007

devolvido

 

PR-MHO

A320-214

Airbus 2007

ativo

 

PR-MHP

A320-214

Airbus 2007

ativo

 

PR-MHQ

A320-214

Airbus 2007

ativo

 

PR-MHR

A320-214

Airbus 2007

ativo

 

PR-MHS

A320-214

Airbus 2007

ativo

pintura Tam Fidelidade

PR-MHT

A320-214

Myair

2002

devolvido

 

PR-MHU

A320-214

Airbus 2008

ativo

 

PR-MHV

A320-214

Airbus 2008

ativo

 

PR-MHW

A320-214

Airbus 2008

ativo

 

PR-MHX

A320-214

Airbus 2008

ativo

 

PR-MHY

A320-214

Airbus 2008

Air Berlin

 

PR-MHZ

A320-214

Airbus 2008

ativo

 

PR-MYA

A320-214

Airbus 2008

ativo

 

PR-MYD

A320-214

Airbus 2008

Indigo

 

PR-MYE

A320-214

Airbus 2009

ativo

 

PR-MYF

A320-214

Airbus 2009

Goair

pintura OneWorld

PR-MYG

A320-214

Airbus 2010

ativo

 

PR-MYH

A320-214

Airbus 2010

ativo

 

PR-MYI

A320-214

Airbus 2010

ativo

 

PR-MYJ

A320-214

Airbus 2010

ativo

 

PR-MYK

A320-214

Airbus 2010

ativo

 

PR-MYN

A320-214

Airbus 2011

fora de operação

 

PR-MYO

A320-214

Airbus 2011

ativo

 

PR-MYP

A320-214

Airbus 2012

ativo

 

PR-MYQ

A320-214

Airbus 2012

ativo

 

PR-MYR

A320-214

Airbus 2012

ativo

 

PR-MYS

A320-214

Airbus 2012

ativo

 

PR-MYT

A320-214

Airbus 2012

ativo

 

PR-MYU

A320-214

Airbus 2012

ativo

 

PR-MYV

A320-214

Airbus 2012

ativo

 

PR-MYX

A320-214

Airbus 2012

ativo

 

PR-MYY

A320-214W

Airbus 2013

ativo

com Sharklet

PR-MYZ

A320-214W

Airbus 2013

ativo

com Sharklet

PR-TYA

A320-214W

Airbus 2013

ativo

com Sharklet

PR-TYB

A320-214W

Airbus 2013

ativo

com Sharklet

PR-TYC

A320-214W

Airbus 2013

ativo

com Sharklet

PR-TYD

A320-214W

Airbus 2013

ativo

com Sharklet

PR-TYE

A320-214W

Airbus 2013

ativo

com Sharklet

PR-TYF

A320-214W

Airbus 2013

ativo

com Sharklet

PR-TYG

A320-214W

Airbus 2013

ativo

com Sharklet

PR-TYH

A320-214W

Airbus 2013

ativo

Sharklet; especial Tam Fidelidade

PT-MZG

A320-232

Airbus 1999

ativo

 

PT-MZH

A320-232

Airbus 1999

ativo

pintura Brasil-Alemanha

PT-MZI A320-232 Airbus 2000 ativo  

PT-MZJ

A320-232

Airbus 2000

devolvido

 

PT-MZK

A320-232

Airbus 2000

TAME

 

PT-MZL

A320-232

Airbus 2000

fora de operação

com 22 mil assinaturas

PT-MZM

A320-232

America West

1993

Seagle Air

 

PT-MZN

A320-231

SAA 1993

devolvido

Pintura RIO

PT-MZO

A320-231

SAA 1991

devolvido

 

PT-MZP

A320-231

SAA 1991

abandonado

 

PT-MZQ

A320-231

SAA 1992

devolvido

 

PT-MZR

A320-231

SAA 1992

devolvido

 

PT-MZS

A320-231

SAA 1991

abandonado

 

PT-MZT

A320-232

Airbus 2001

ativo

pintura Cirque du Soleil

PT-MZU

A320-232

Airbus 2001

ativo

 

PT-MZV

A320-232

BOC

1997

devolvido

 

PT-MZW

A320-232

Airbus 2001

ativo

 

PT-MZX

A320-232

Airbus 2001

British Airways

 

PT-MZY

A320-232

Airbus 2001

ativo

 

PT-MZZ A320-233 Airbus 2001 ativo  

 

Airbus A319
1999 - Hoje

Querendo substituir os Fokker 100, a Tam começou a busca por outras aeronaves. A companhia então inovou e optou pela Airbus, já que a Boeing dominava o mercado brasileiro. Na época, o Airbus A319 era o avião mais moderno do Brasil e uma das suas primeiras rotas foi a ponte aérea RJ-SP. O A319 trazia novidades inéditas no mercado nacional como monitores a cada três fileiras. Foram cogitados o A318 e o E-190/E-195 para substituir os últimos Fokker 100 da frota, mas quem acabou os substituindo foram os A319. Hoje o A319 é utilizado em rotas de menor demanda, na ponte aérea e em aeroportos que não comportam aeronaves maiores.

Comprimento: 33,84 m
Envergadura: 33,91 m
Altura: 11,80 m
Motores:
2x International Aero Engine IAE V2524-A5 - 24000lb ou General Electric GE CFM56-5B6 - 23500lb
Velocidade de cruzeiro:
850 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 64-61 toneladas
Altitude de cruzeiro: 39 pés
(11887 metros)
Configuração interna: 144 passageiros (somente classe econômica)
Configurações utilizadas: 122 (duas classes), 132 (duas classes), 138 (uma classe), 144 (uma classe)

Click to view large version! ©Lucas Coacci Click to view large version! ©Leandro Luiz Pilch

 

Matricula

Modelo

Origem

Data de Fabricação

Status/Destino

OBS

PR-MAH

A319-132

Airbus 2001

devolvido

pintura Cirque du Soleil

PR-MAI

A319-132

Airbus 2002

BQB

 

PR-MAL

A319-132

Airbus 2002

operando

pintura Cirque du Soleil

PR-MAM

A319-132

Airbus 2002

operando

 

PR-MAN

A319-132

Airbus 2002

operando

 

PR-MAO

A319-132

Airbus 2002

operando

pintura Cirque du Soleil

PR-MAQ

A319-132

Airbus 2002

operando

 

PR-MAS

A319-132

encomenda cancelada

PR-MAT

A319-132

encomenda cancelada

PR-MAU

A319-132

encomenda cancelada

PR-MAV

A319-132

encomenda cancelada

PR-MBI

A319-132

TACA

2001

fora de operação

 

PR-MBN

A319-132

Airbus 2007

fora de operação

 

PR-MBU

A319-132

Airbus 2008

operando

 

PR-MBV

A319-132

Airbus 2008

operando

 

PR-MBW

A319-132

Airbus 2008

operando

pintura vintage

PR-MYB

A319-112

Airbus 2008

operando

 

PR-MYC

A319-112

Airbus 2008

operando

 

PR-MYL

A319-112

Airbus 2011

operando

 

PR-MYM

A319-112

Airbus 2011

operando

 

PT-MZA

A319-132

Airbus 1999

devolvido

pintura Cirque du Soleil

PT-MZB

A319-132

Airbus 1999

devolvido

 

PT-MZC

A319-132

Airbus 1999

operando

 

PT-MZD

A319-132

Airbus 1999

devolvido

 

PT-MZE

A319-132

Airbus 1999

devolvido

 

PT-MZF

A319-132

Airbus 1999

operando

 

PT-TMA

A319-132

Airbus 2009

operando

 

PT-TMB

A319-132

Airbus 2010

operando

 

PT-TMC

A319-132

Airbus 2010

operando

 

PT-TMD

A319-132

Airbus 2010

operando

pintura vintage

PT-TME

A319-132

Airbus 2010

operando

 

PT-TMF

A319-132

Air Berlin

2005

operando

 

PT-TMG

A319-132

Airbus

2011

operando

 

PT-TMH

A319-132

ILFC

2006

operando

 

PT-TMI

A319-132

Airbus

2012

operando

 

PT-TML

A319-132

Airbus

2015

operando

 

PT-TMM

A319-132

Airbus

2015

operando

 

 

Fokker F-100
1990 - 2008

O Fokker 100 é uma aeronave famosa no Brasil. Infelizmente sua fama deve-se aos seus acidentes. Eles chegaram na Tam no inicio da década de 90 e se mostraram muito lucrativos. A Tam então trousse vários, chegando a operar mais de cinqüenta F-100! Graças ao F-100 a Tam deixou de ser uma pequena regional, para disputar com as grandes (Varig, Vasp e TransBrasil). A companhia se expandiu rapidamente, passando a operar nos aeroportos centrais (Santos Dumont, Congonhas, Pampulha) com jatos, enquanto a principal concorrente (Rio Sul) só utilizava aeronaves turbo-hélice. Com o F100 a Tam chegou ao segundo lugar no mercado nacional, atrás apenas do grupo Varig. Porém a falência da fabricante e a má fama do avião no Brasil levaram a Tam a substitui-los rapidamente pelos novos Airbus A319 e A320. Mas os Fokker 100 só saíram completamente da companhia em 2008. Foram quase vinte anos de F100.

Comprimento: 35,53 m
Envergadura: 28,08 m
Altura:  8,50 m

Motores:
2x TAY650-15 Rolls Royce
Velocidade de cruzeiro: 820 km/h
Peso máximo de decolagem-pouso: 44,5-39,9 ton
Altitude de cruzeiro: 35 mil pés
(10668 metros)
Configurações utilizadas: 108 (uma classe)


 

Prefixo Modelo Origem Destino OBS

PT-MQA

F.28-0100 (F.100)

Fokker

EUjet

 

PT-MQB

F.28-0100 (F.100)

Braathens Sweden

AerCap

 

PT-MQC

F.28-0100 (F.100)

Braathens Sweden

TAM Mercosur

pintura especial - borboletas

PT-MQD

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Air

 

PT-MQE

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Air

 

PT-MQF

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Aseman

 

PT-MQG

F.28-0100 (F.100)

Air Littoral

AerCap

 

PT-MQH

F.28-0100 (F.100)

Air Littoral

destruído

 

PT-MQI

F.28-0100 (F.100)

Air Littoral

Air Littoral

 

PT-MQJ

F.28-0100 (F.100)

GECAS

Mexicana Click

 

PT-MQK

F.28-0100 (F.100)

GECAS

Mexicana Click

 

PT-MQL

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Air

 

PT-MQM

F.28-0100 (F.100)

Sempati Air Transport

AerCap

 

PT-MQN

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Air

 

PT-MQO

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Air

 

PT-MQP

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Aseman

 

PT-MQQ

F.28-0100 (F.100)

GECAS

AerCap

 

PT-MQR

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Aseman

 

PT-MQS

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Aseman

 

PT-MQT

F.28-0100 (F.100)

China Eastern

Iran Air

 

PT-MQU

F.28-0100 (F.100)

GECAS

AerCap

 

PT-MQV

F.28-0100 (F.100)

Braathens Sweden

AerCap

 

PT-MQW

F.28-0100 (F.100)

Braathens Sweden

Montenegro

 

PT-MRA

F.28-0100 (F.100)

GECAS

Mexicana Click

 

PT-MRB

F.28-0100 (F.100)

GECAS Mexicana Click

 

PT-MRC

F.28-0100 (F.100)

GECAS Mexicana Click

pintura CVC

PT-MRD

F.28-0100 (F.100)

GECAS

AerCap

pintura especial de natal

PT-MRE

F.28-0100 (F.100)

GECAS

Mexicana Click

 

PT-MRF

F.28-0100 (F.100)

GECAS

AerCap

 

PT-MRG

F.28-0100 (F.100)

GECAS

TAM Mercosur

 

PT-MRH

F.28-0100 (F.100)

GECAS

Mexicana Click

pintura especial "500 anos do Brasil"

PT-MRI

F.28-0100 (F.100)

Fokker

Iran Air

 

PT-MRJ

F.28-0100 (F.100)

 

 

 

PT-MRK

F.28-0100 (F.100)

Fokker

destruído

Pintura especial "Numer One" Air Transport World

PT-MRL

F.28-0100 (F.100)

Fokker

destruído

Com "www.tam.com.br" na fuselagem

PT-MRM

F.28-0100 (F.100)

Fokker Fokker

pintura especial Museu de Arte Moderna

PT-MRN

F.28-0100 (F.100)

Fokker Fokker

 

PT-MRO

F.28-0100 (F.100)

 

AerCap

 

PT-MRP

F.28-0100 (F.100)

 

KLM Cityhopper

 

PT-MRQ

F.28-0100 (F.100)

 

Air Niugini

 

PT-MRR

F.28-0100 (F.100)

 

AerCap

 

PT-MRS

F.28-0100 (F.100)

 

KLM Cityhopper

 

PT-MRT

F.28-0100 (F.100)

Fokker

AerCap

 

PT-MRU

F.28-0100 (F.100)

Fokker

Iran Air

 

PT-MRV

F.28-0100 (F.100)

Fokker Iran Air

 

PT-MRW

F.28-0100 (F.100)

Fokker Iran Air

 

PT-MRX

F.28-0100 (F.100)

GECAS

Mexicana Click

pintura especial "Atlanta 96"

PT-MRY

F.28-0100 (F.100)

GECAS

Iran Air

pintura especial "bandeiras"

PT-MRZ

F.28-0100 (F.100)

Fokker

EUjet

 

PT-WHK

F.28-0100 (F.100)

   

 

PT-WHL

F.28-0100 (F.100)

Fokker

 

 

 

Fokker F-50
1995 - 2001

O Fokker 50 é o substituto do F-27 e a Tam também os trouxe para o Brasil. O F-50 foi a última aeronave turbo-hélice adquirida pela companhia antes dos jatos. Deixaram de operar na companhia em 2001, quando a Tam Regional acabou e virou Tam Linhas Aéreas.

Comprimento: 25,25 m
Envergadura: 29,00 m
Altura: 8,32 m

Velocidade de cruzeiro: 454 km/h
Passageiros: 50
 

Prefixo Modelo Origem Destino

PH-JXK

F.27-050

Fokker

Leased & Returned

PT-MLA

F.27-050

Denim Air

Fokker

PT-MLB

F.27-050

Swiss

Fokker

PT-MLC

F.27-050

Fokker

Denim Air

PT-MLD

F.27-050

Denim Air

Fokker

PT-MLE

F.27-050

Fokker

Fokker

PT-MLF

F.27-050

 

Formosa Airlines

PT-MLG

F.27-050

 

Formosa Airlines

PT-MLH

F.27-050

ContactAir Flugdienst

GECAS

PT-MLI

F.27-050

GECAS

GECAS

PT-MLJ

F.27-050

encomenda cancelada  

 

Fokker F-27
1980 - 2000

A segunda aeronave operada pela Tam foi o Fokker 27. Em janeiro de 1980 a empresa trouxe o primeiro de sete. A empresa foi então padronizando a frota somente com aeronaves da Fokker, adquirindo também o F50 e F100. Mas com a falência da fabricante e os acidentes com os Fokker 100, a empresa trocou a Fokker pela Airbus. Os F-27 só deixaram a frota da companhia em 2000.

Comprimento: 23,06  m
Envergadura: 29,00 m
Altura: 8,71 m

Velocidade de cruzeiro: 480 km/h
Passageiros: 48 ou 60


 

Prefixo Modelo Origem Destino
PT-BFZ F.27-200 Fokker  desmontado

PT-LAJ

F.27-500

Fokker

Magicblue

PT-LAK

F.27-500

Fokker

Magicblue

PT-LAL

F.27-500

Mesaba / Northwest Airlink

Fokker

PT-LAM

F.27-500

Fokker

destruído

PT-LAF

F.27-600

Fokker

Vica

PT-LAG

F.27-600

Fokker

Tavaj

PT-LAH

F.27-600

Fokker

JetSul

PT-LAI

F.27-600

Fokker

Fokker

PT-LDT

F.27-600

uso privado

Brasil Central

PT-LLA

F.27-600

Sempati Air Transport

Sempati Air

 

Embraer EMB-110
1974 - 1996

A primeira aeronave da Tam - Transportes Aéreos Regionais foi o EMB-110. Com seis aeronaves desse tipo, a companhia iniciou operações no interior de São Paulo. Em 1996 o último EMB-110 saiu da frota, dando espaço para aeronaves maiores da Fokker.

Comprimento: 15,33 m
Envergadura: 15,10 m
Altura: 4,92 m
Motores:
2x P&W
Velocidade de cruzeiro: 350 km/h

Passageiros: 14

PT-SFS         EMBRAER EMB-110P2
PT-LBU         EMBRAER EMB-110F
PT-FAE         EMBRAER EMB-110F
PT-GJF         EMBRAER EMB-110E
PT-GJR         EMBRAER EMB-110E
PT-GJY         EMBRAER EMB-110E
PP-SBA         EMBRAER EMB-110C
PP-SBB         EMBRAER EMB-110C
PP-SBC         EMBRAER EMB-110C
PP-SBD         EMBRAER EMB-110C
PP-SBF         EMBRAER EMB-110C
PP-SBG         EMBRAER EMB-110C
PP-SBI         EMBRAER EMB-110C
PP-SBJ         EMBRAER EMB-110C

 

Cessna 208B Grand Caravan
1961 - 1999

As aeronaves Cessna estiveram presente na Tam desde o surgimento da empresa, na década de 60, como TAM - Taxi Aéreo Marília, usada para transportar clientes e carga. A frota inicial era composta de quatro Cessna 180 e um Cessna 170. Nos anos 70 a companhia renovou a frota com aeronaves Cessna 402 e Piper Navajo. Porém foi o modelo Cessna 208 que foi utilizado também pela Tam Regional, para complementar os EMB-110. Os Cessna 208 ficaram na companhia até meados de 2001 na parte de taxi aéreo e na TAM Mercosur, transportando carga e fazendo voos fretados.

Comprimento: 11,46 m
Envergadura: 15,88 m
Altura: 4,32 m
Motores: 2x PW
Velocidade de cruzeiro: 340 km/h

Passageiros: 9 ou 15 ou 16

Prefixos: PP-ITY, PP-ITZ, PT-MEB, PT-MEC, PT-MED, PT-MEE, PT-MEJ, PT-MEN, PT-MEO, PT-MEP, PT-MES, PT-MET, PT-MEV, PT-MEW, PT-MEY, PT-MEZ, PT-MHD, PT-MHE, PT-MHF, PT-MLA, PT-OGA, PT-OGB, PT-OGC, PT-OGD, PT-OGO, PT-OGQ, PT-OGX.

 

> Histórico de Encomendas:

  • 10 A320, 22 A320neo, 4 Boeing 777-300ER em 02/2011
  • 5 A350-900, 6 A319, 7 A320, 7 A321 em 07/2010
  • 2 A319, 3 A321 (trocou por 5 A320) em 04/2010
  • 1 A321 (trocou por A319) em 06/2008
  • 12 A350XWB, 4 A330-200, 3 A319, 9 A320, 8 A321 em 02/2008
  • 8 Boeing 777-300ER em 08/2007
  • 6 A320 (trocou por 2 A319, 4 A321) em 12/2006
  • 3 A320 (trocou por A319) em 07/2006
  • 6 A330-200, 15 A319 (trocou por 12 A319, 3 A321), 16 A320 em 06/2006
  • 5 A319, 11 A320, 4 A321 em 07/2005
  • 10 A320 em 07/2004
  • 5 A320 (trocou por A319) em 05/2004
  • 4 A319 (trocou por A320) em 04/2002
  • 1 A320 em 10/2001
  • 2 A320 (trocou por A319) em 09/2001
  • 1 A320 em 07/2001
  • 38 A319/A320 em 01/1998
  • 5 A330-200 em 10/1997
  • 8 F100, 10 F50 em 11/1995
  • 1 F100 em 12/1994
  • 2 F100 em 10/1993
  • 1 F100 em 08/1993
  • 2 F27 em 01/1983

 

> Frotas "Revista de Bordo" (Classe, Tam Magazine e Tam nas Nuvens):


Clique aqui para abrir

 

Aviação Comercial